Compartilhe:

Existe lado bom na adversidade? É possível tirar vantagem das dificuldades?

Lembrando a famosa frase do filósofo Friedrich Nietzsche: “O que não provoca minha morte faz com que eu fique mais forte.”
É exatamente disso que trata o Quociente de Adversidade.

O americano Paul Stolz passou 20 anos pesquisando o fracasso profissional. Nesse estudo, entrevistou mais de 100 mil pessoas para determinar porque algumas pessoas alcançavam êxito, enquanto outras fracassavam. O objetivo era entender os motivos que levam profissionais brilhantes ao fundo do poço. O estudo de Stolz revelou que a dificuldade era saber lidar com as adversidades. Para ele, o sucesso está ligado à capacidade de enfrentar e solucionar dificuldades que surgem inesperadamente na vida. Uma pessoa pode ser experiente no que faz e gerir muito bem as próprias emoções (vocês se lembram do Quociente Emocional?), mas, se um problema ou um grande desafio aparece, não tem resiliência para encarar o fato.

O estudo do QA divide as pessoas em 3 grupos: os escaladores, os que acampam e os que desistem.

  1. Escaladores são aqueles voltados para os desafios. Eles procuram fazer coisas com significados, querem dar sua contribuição.
  2. Desistentes são aqueles que odeiam riscos, buscam se afastar do perigo e procuram predominantemente a segurança. Possuem uma característica marcante, a resistência, e dificilmente abrem mão do conforto.
  3. Campistas são aqueles que ficam em cima do muro, esperam as coisas acontecerem, as vezes se esforçam, mas voltam a ficar numa escala oscilante entre conforto e assumir riscos.

Você conseguiu identificar seu perfil? Faça uma análise de sua atitude perante as adversidades. Tente aprender com os erros anteriores e busque novas soluções para as dificuldades atuais.

Um bom exemplo são os atletas, você já pensou como é difícil a vida de um atleta? Precisa encontrar um lugar para treinar, precisa ter tempo livre e dedicar boa parte da vida, são dores musculares, lesões, operações, quedas, derrotas! Mas um bom atleta sempre se supera, sempre se renova, vai em busca do próximo desafio.

Gostaria de recomendar o filme Meu Pé Esquerdo.

Pense nisso e seja muito feliz!

Write A Comment