Compartilhe:

As redes sociais vieram para ficar. Se antes o grande sistema de acesso as informações da web era a ferramenta de busca Google, agora já vemos o Facebook superar isso. Nos Estados Unidos, o Facebook representa 25% de todas as páginas visualizadas na internet. Isso representa que uma, em cada quatro páginas visitadas são do retângulo azul do Mark Zuckerberg, segundo os dados da Hitwise. São 5 vezes mais page views que o Google.com.

O que isso representa?
Se ainda muitos buscam no Google referencias e indicações de produtos e serviços, isso tende a mudar. E as mídias sociais podem ajudar muito mais na indicação de compra, pois se baseiam no conceito da troca de informações e experiências. O simples conceito do botão Like simplifica esse conceito. Quanto mais pessoas rotulam uma informação com o Like, mais tenderão a considerar como algo relevante ao consumo. E também podemos identificar a tendência das mídias sociais invadirem outras pontas das experiencias de uso.

Diversas operadoras de celular já permitem acesso gratuito à sites como Facebook, Twitter e outros. O esperado Windows Phone 7 da Microsoft é contruido em parceria e transparência completa com o Facebook. E o novo fenômeno da internet é o browser RockMelt, que diferente do Internet Explorer, Crome e Firefox, ele já vem integrado a diversas redes sociais.

Jovens já preferem mandar tweets do que enviar e-mails para conversar com amigos, e nesta semana Facebook divulgou que irá integrar e-mails, mensagens, SMS e tudo mais na sua plataforma.

Sim, mídias sociais não vieram apenas para ficar, vieram para dominar.

Via Trend Ideas (Por Eliezer Silveira Filho)

Write A Comment