Compartilhe:
Apesar de o Facebook ter apenas sete anos de idade, e muitas empresas “sociais” terem se lançado e vaporizado na metade do tempo, é um pouco absurdo tentar prever quais marcas de mídia social ainda serão relevantes daqui a uma década. Mas isso não vai nos impedir de tentar! O Facebook, ao que parece, é um exemplo óbvio. Mark Zuckerberg não mostra sinais de abrandar, e o Facebook tem uma importante transição para fazer – do navegador para o telefone móvel – para permanecer no topo. Mas isso é uma suposição fácil. E sobre os outros?
Facebook
É popular, funciona bem, está realmente gerando negócios, e continua a evoluir. A grande questão: Enquanto as mídias sociais dão o salto para dispositivos móveis, irá o Facebook liderar o caminho? Até agora, ele tem dezenas de milhões de usuários em iOS e Android, por isso é um começo importante. Mas quem pode afirmar que não haverá outra mídia social que entrará no mundo mobile e passará a frente, como o Facebook Facebook fez com o MySpace?
LinkedIn
Mesmo com a cultura de compartilhar tudo online de hoje, ainda há algo a ser dito sobre como manter o seu trabalho e vida pessoal um pouco separados. É por isso que o LinkedIn deve continuar a prosperar como a rede “profissional”. A grande questão: Será que de alguma forma, eventualmente, Facebook conseguirá abocanhar esse mercado?
Twitter
Vamos ser realistas: o Twitter não vai a lugar nenhum. É para as pessoas se comuniquem uns com os outros, entre amigos, com celebridades, e com empresas e governos. Em seus computadores, seus telefones, seus iPads, e no vaso sanitário. É original e é incrível. A grande pergunta: Pode o Twitter descobrir uma maneira de ganhar dinheiro suficiente para ficar independente? Até agora, a resposta é: tente no próximo ano.
Leia a matéria completa aqui.

Write A Comment