Compartilhe:

Os Códigos QR podem ser amplamente reconhecidos no mundo do mobile marketing como tendo um tremendo potencial – o qual nem sequer foi identificado até agora – mas, ao mesmo tempo, o futuro desses códigos está se tornando instável, a menos que a ação correta seja tomada para resgatá-los.

Ao longo dos últimos anos, os códigos QR tem feito algum progresso em popularidade, incluindo o uso de grandes corporações como Google, que é altamente envolvido em mobile. No entanto, a dolorosa verdade é que eles não foram adotados tão rapidamente como previsto pelos consumidores.

Há três razões principais para isso, e devem ser resolvidas para que os códigos QR garantam seu futuro.

Cada código de barras exige o download de um aplicativo diferente, dependendo do tipo de código. Por exemplo, códigos QR mais tradicionais são diferentes das Tags da Microsoft e outras variações. Uma norma é necessária na indústria de modo que um único aplicativo possa ser usado para escanear todos eles. Será ainda mais vantajoso se este app já viesse pré-carregado no celular.

As empresas deveriam ser mais conscientes de que o código está vinculado. Por exemplo, conectando a um site que não é otimizado para ambiente mobile, é uma situação de fracasso. A maioria dos profissionais da indústria recomendam links para cupom (móvel) para ter uma maior taxa de conversão.

Muitos consumidores estão encontrando os códigos confusos pois existem muitas variações. Devido ao público estar com dificuldades para utilizá-los, faz com que não se sintam confortáveis utilizando esses códigos.

Alguns podem achar que os códigos QR sejam difíceis de ler devido a seu tamanho ou por dificuldade das pessoas em manusear o celular, mas na verdade as empresas tem posicionado os códigos de maneira errada, muitas vezes o consumidor não consegue nem achá-los.

Com essas correções, teremos maiores taxas de conversão com os códigos QR.

Via Mobile Commerce News

Write A Comment