Compartilhe:

Google Plus Your World A personalização que o Google habilitou para as buscas está sob fogo, pois os críticos dizem que a empresa está usando a sua posição dominante no mercado dos motores de busca para esmagar seus concorrentes, tais como o Facebook e o Twitter. “Eu tenho sido muito cético sobre as queixas antitruste com relação ao Google”, diz Eric Goldman,  Professor da Santa Clara University Law School. “Apesar dos esforços persistentes de uma longa lista de adversários, ninguém tem evidências contra  o Google.”

O que os críticos dizem

O Twitter criticou publicamente o Google, dizendo: “Por anos, as pessoas têm contado com o Google para oferecer os resultados mais relevantes a qualquer hora que eles queriam encontrar algo na Internet … Estamos preocupados que, como resultado de mudanças no Google, encontrar esta informação será muito mais difícil para todos. Pensamos que é ruim para as pessoas, editoras, empresas jornalísticas e usuários do Twitter. ”

Goldman é cético sobre as queixas do Twitter. “Quando outros intermediários online levantarem reclamações antitruste contra o Google, aí sim eu começarei a questionar os motivos dos que se queixavam.”, disse ele.

Mudanças para a experiência do usuário

Goldman testo o serviço, e não está impressionado. “Na minha experiência limitada com o Search Plus Your World até agora, eu ainda não vi uma única página de resultados onde a exposição proeminente do Google+ realmente melhorou a relevância dos meus resultados.”, disse ele. “Na verdade, eu tive algumas página de resultados onde era claramente mais difícil para mim encontrar os resultados mais relevantes. ”

A questão legal

“Do ponto de vista legal”, disse Goldman, “Eu não acho que o Google Search Plus Your World acrescenta muito às queixas antitruste contra o Google. É apenas mais um exemplo onde o Google está promovendo seus serviços, que não é inerentemente errado e muitas vezes pode melhorar a experiência do consumidor. ”

“No entanto”, acrescentou Goldman, “se o Google não pode provar-nos que cada uma de suas escolhas específicas para integrar o Google+ estão baseadas em melhorar a experiência do usuário, o Google cria um questionamento  importante na relação de confiança com usuários.”

Via Social Times

Write A Comment