Compartilhe:

O marketing entrou na política para ficar e cada vez formata mais partidos e, sobretudo, candidatos à medida do que os eleitores querem ouvir para decidirem. A chegada das redes sociais só veio tornar este jogo da caça ao voto mais complexo. 

Na política, como na maioria de outras atividades, o marketing está de mãos dadas com os partidos e candidatos para a composição de um produto que se pretende eficaz e capaz de saciar as expectativas do público-alvo. Neste caso, do eleitorado.

Para que um político consiga, efetivamente, lutar por uma vitória eleitoral (ou simplesmente pela manutenção do seu mandato), tem de reunir um determinado conjunto de características para fazer passar a mensagem. Entre elas estão a credibilidade, a confiança transmitida, um percurso de vida tido como referência e um conjunto de conhecimentos acima da média. Pode também invocar-se um termo da retórica aristotélica, o ethos do orador, como algo imprescindível neste contexto.

Apesar da capacidade que o marketing tem em transformar algo que à partida dificilmente vingaria, na política isso poderá ser mais complicado, na medida em que se torna quase impossível dar conteúdo a uma figura que não reúna as condições essenciais.

As redes sociais têm sido uma ferramenta bastante utilizada pela maioria dos políticos de renome nos dias de hoje, tanto candidatos como efetivos líderes. No entanto, esta questão revela-se como uma faca de dois gumes. Estas ferramentas de fácil acesso e utilizadas pela maioria dos cidadãos tanto podem guiar para o sucesso, como para o fracasso de uma imagem política. O escrutínio do público é agora muito maior e eficaz. Neste momento, é um fator importante a colocar no equilíbrio das balanças.

Assiste-se, provavelmente, a uma mudança de paradigma que está refletida nas galopantes percentagens de abstenção. Será que estamos perante um generalizado descontentamento com a classe política ou precisam-se de novas abordagens por parte dos políticos para conseguirem cativar um eleitorado mais alargado?

Write A Comment