Compartilhe:

Uma rede social não tem que ser apenas para fazer novos amigos ou encontrar antigos colegas. Serve também para partilhar gostos, experiências e… calorias. A culinária aliou-se em força às redes sociais e o mundo infinito das receitas ultrapassa a barreira dos livros, folhas soltas e blogs. Hoje, são mais de seis as redes sociais que fazem o gosto aos olhos e a vontade de comer.

I Wanna Nom é uma espécie de índice do maior livro de culinária do mundo que é a Internet. A rede social permite organizar receitas de acordo com a categoria, partilhar e imagens e o modo de confecção e ainda votar e comentar. I Wanna Nom foi criada no ano passado em Nova Iorque pela mão de dois jovens inovadores. Se a inspiração por vezes falha, existe uma galeria de imagens apresentadas em vídeo. Se apenas quer comer e não partilhar receitas, a rede social permite pesquisar pratos de acordo com o desejo. Depois é só deliciar-se com as imagens e colocar as mãos na massa.

Cooklet é uma enciclopédia de culinária onde cada usuário tem o seu próprio livro. A rede social apenas está disponível em língua inglesa ou polaca, mas conta com uma versão gratuita para BlackBerry. A sua principal função é organizar as receitas sendo possível acessar os vários livros virtuais disponíveis, de forma fácil e rápida. As receitas estão catalogadas por categoria, por refeição ou mesmo pela quantidade de calorias. Pela segunda vez foi feita a eleição do melhor Cookleter, o cozinheiro que partilhou as melhores receitas. É possível ainda colocar o seu próprio blog de culinária dentro da rede social e criar a sua lista de compras.

O Meu Livro de Receitas é a rede social onde, mais uma vez, cada usuário tem o seu livro, mas para tal tem que ter uma conta no Facebook. A criação da empresa brasileira Sadia e o objetivo é dar continuidade às receitas familiares mais tradicionais, mas também passar pelas mais modernas.

Existe uma outra rede social brasileira: Receitáculo. Esta rede social de culinária, ainda em versão BETA, apresenta um show de receitas e funciona como uma espécie de concurso. É toda uma mistura de receitas e espectáculo. Como o site diz “seja o apresentador do seu próprio show de culinária”. Cada membro do Receitáculo tem um mascote que o representa e caracteriza como cozinheiro: descascador de batatas, amolador de facas, auxiliar de cozinha, cozinheiro, sub chef de cozinha, chef de cozinha e oficial de bouche. Quanto mais audiência o espectáculo tiver mais sucesso o utilizador tem. O objetivo de cada é chegar à categoria principal, oficial de bouche.

Existem ainda umas quantas redes sociais que apelam ainda mais à interação entre os usuários, não partilham receitas mas partilham pratos e restaurantes. Fiddme quer dar de comer e beber para mostrar ao mundo. A rede social está também disponível na App Store e pretende dizer ao mundo o que comemos e onde, funcionando como um guia local visual daquilo que rodeia o utilizador no que toca a restaurantes e confecções. Partilhar opiniões, experimentar restaurantes diferentes e fazer degustações é o que a rede social pretende.

A mais conhecida é Foodspotting, a rede social que nos indica locais para satisfazermos os nossos desejos. Depois é só compartilhar e criar desejos nos outros. A rede social está disponível para iPhone, Android, Windows e BlackBerry, e funciona como forma de recomendar pratos ou restaurantes aos amigos. Em 2010, a revista Time colocou a Foodspotting entre os 50 melhores sites.

Eat With Me, isso mesmo, não coma mais sozinho e combine refeições com outras pessoas, este é o lema da rede social. Sejam conhecidos ou não, o objetivo da rede social é juntar pessoas para refeições. E se pretende criar um evento gastronômico, ou uma simples festa com comes e bebes, esta rede social facilita a tarefa.

Friends Eat, apenas disponível nos EUA, ajuda a encontrar o local ideal para aquela comida que o seu grupo de amigos tanto deseja. Pode escolher entre comida chinesa, indiana, italiana, francesa, mexicana, o que lhe apetecer. A rede social dispõe ainda de receitas gourmet.

Parece que agora já não podemos ter desculpas por não saber o que cozinhar para o jantar ou onde ir fazer uma refeição fora. Não falta por onde escolher.

Via Tecnologia

Write A Comment