Compartilhe:

Uma pesquisa realizada pela Hi-Mídia apontou que 35% dos usuários do Facebook ficam online durante o período de trabalho. Esse número sobe para 37% para o Twitter, 40% no Linkedin e fica em 22% entre os usuários de Orkut. De acordo com o estudo, os inscritos têm objetivos diferentes em cada um dos sites: acessado por 86% dos entrevistados, o Facebook tem forte apelo para comunicação com amigos e familiares. Já o Twitter, acessado por 32% dos pesquisados, tem como principal objetivo a atualização de notícias e acontecimentos.

Segundo a companhia, as demais redes aparecem com percentuais menores de acesso, com 33% para o Google+, 22% para Linkedin e 16% para o Badoo e 10% para o Sonico. Uma parcela considerável dos pesquisados, 63%, afirmou ainda usar o Orkut.

Além do número de acessos em geral, o Facebook ganha no quesito mobilidade. Dos pesquisados que afirmaram possuir conta na rede, 23% acessam via celular ou outro dispositivo móvel, contra 25% do Twitter, 15% do Linkedin e 12% do Orkut. O tempo de utilização também é variado: 57% dos usuários de Facebook acessam suas contas mais de uma vez por dia e 20% disseram ficar conectado o dia todo. Com assinantes menos assíduos, o Twitter possui 12% dos usuários conectados o dia todo e o Linkedin, apenas 6%.

Para o Twitter, 55% disseram observar o que acontece, apenas 25% disseram valorizar o número de seguidores e 32%, os retweets. Dos entrevistados, 61% acreditam que o Twitter pode influenciar em um possível contato profissional, frente a 56% dos usuários do Facebook.

Relevância

A pesquisa apontou que as redes sociais terão um papel fundamental nas eleições e discussões políticas neste ano. Dos entrevistados, 56% concordam que existe influência dos comentários nas redes sociais em assuntos sociais e políticos para abaixo assinados, mobilizações em prol de uma causa e eleições em 2012. 60% dos assinantes usam o Twitter como forma de discutir assuntos sociais e políticos, contra 56% do Facebook.

No quesito geração de conteúdo e o status social o estudo identificou que 53% dos usuários de Facebook compartilham e interagem com os conteúdos publicados e valorizam este tipo de ação.

Via IT Web

Write A Comment