Compartilhe:

68% dos profissionais do marketing de mídias sociais dizem que planejam investir mais em Search Engine Optimization (SEO) ao longo de 2012, enquanto 61% afirmam o mesmo para estratégias de e-mail marketing, segundo um relatório divulgado em abril de 2012 pela Social Media Examiner. Estas também foram as áreas “não-sociais” que mais cresceram em importância para estes profissionais, embora ambas tenham apresentado uma leve diminuição no ano a ano. O SEO é mais popular dentre os entrevistados do grupo B2B quando comparado ao grupo B2C, em um total de 67% e 62%, respectivamente, enquanto profissionais com três ou mais anos de experiência (74%) são os mais propensos a aumentar seus investimentos em otimização de sites. Por outro lado, os novatos em Social Media Marketing (SMM) demostram um interesse maior em aumentar o uso de e-mail marketing este ano que seus colegas mais experientes (64%x57%).

Maior foco em Marketing de Evento

Mais da metade dos profissionais de SMM (55%) pretendem se dedicar mais ao marketing de eventos e atividades envolvendo palestras, embora esta proporção tenha diminuído 10% em relação ao ano anterior, cujo total era de 61%. O restante (29%) dos entrevistados manterá o mesmo nível de atenção destas atividades, enquanto 13% não têm planos para utilizá-las, e outros 2% afirmam que se dedicará menos a elas.

A pesquisa também mostra que os marqueteiros do grupo B2B são 20% mais propensos a alocar uma maior parte do seu investimento com marketing de eventos, em comparação com seus colegas B2C (51% x 61%). Além disso, profissionais autônomos (65%) e proprietários de pequenas empresas (64%) são mais inclinados a fazer uso deste tipo de marketing quando comparado a marqueteiros de grandes companhias (44%).

Anúncios on-line ainda não convencem

Dados do estudo indicam que apenas 43% dos profissionais de SMM planejam ampliar seus investimentos em publicidade on-line, incluindo anúncios “pay-per-click” (pagos por clique), o que representa uma queda de 46% em relação ao ano anterior. Enquanto isso, a parcela que não pretende utilizar tais anúncios passou de 27% a 29% do total.

Curiosamente, profissionais com idades entre 20 e 30 anos são quase duas vezes mais propensos a investir em anúncios on-line que seus colegas com mais de 50 anos (52% x 27%), enquanto que empresas de médio porte (250-999 – 51%) são as mais inclinadas a investir nesta área.

Metade não usará webinars (web seminários)

Apesar da popularidade do marketing de eventos entre os profissionais de mídias sociais, 48% dos inquiridos afirmam que não pretendem  fazer ações através de web seminários, o que representa um aumento de 14% em relação aos 42% que afirmaram o mesmo em 2011. Os entrevistados do grupo B2B parecem valorizar mais os web seminários que os do B2C (47% vs 26%), enquanto 44% dos profissionais autônomos e proprietários de pequenas empresas planejam aumentar investimentos do gênero, assim como um terço das empresas com 1.000 ou mais funcionários.

Mídias tradicionais têm baixa popularidade

Analisando os diferentes métodos de marketing utilizados em mídias tradicionais, a pesquisa mostra que apenas liberações de imprensa possuem uma alta taxa de planejamento de uso, com 79% dos profissionais demonstrando interesse em aumentar seus investimentos nesta área, ou ao menos mantê-los no mesmo patamar. Isso acaba contrastando com os índices de aumento/manutenção registrados em outras mídias, que incluem patrocínios (59%), mala direta (50%), anúncios impressos (48%), anúncios em rádio (28%), e anúncios em televisão (22%).

Via E-commerce News

Write A Comment