Compartilhe:

Embora muitos céticos tenham decretado sumariamente o fracasso das redes sociais como geradoras de vendas em sites de comércio eletrônico, duas pesquisas divulgadas recentemente apontam para uma fênix neste mar de cinzas, cujo o nome é Pinterest. Segundo um estudo divulgado pela Shop.org, comScore e Partnering Group, cada usuário desta rede social segue em média 9,3 empresas de varejo, enquanto que para os utilizadores do Facebook este número é de 6,9. Enquanto isso, uma pesquisa elaborada pela Steelhouse indica que 59% dos usuários Pinterest compraram algum item online após visualizá-lo na plataforma, em comparação com apenas 33% dos usuários do Facebook que afirmaram o mesmo.

Facebook é o mais popular para compartilhar

No geral, 55% dos entrevistados da pesquisa da Steelhouse relataram compartilhar suas compras em sites de redes sociais. O Facebook foi o mais popular neste quesito, com 55%, seguido por Twitter (22%), Pinterest (14%), Instagram (5%) e LinkedIn (3%).

Seguidores gostam mesmo é de ofertas e descontos

Já o estudo da Shop.org mostra que obter informações sobre ofertas e cupons é o principal motivo para os compradores seguirem uma empresa e plataformas sociais, razão citada por 51% dos entrevistados, embora esta proporção tenha diminuído em relação ao ano anterior (58%). Outras justificativas comumente citadas incluem à procura por informações sobre produtos (43%) e postar ou ler comentários sobre mercadorias ou serviços (36%).

O estudo também mostra que os usuários de aparelhos portáteis estão dispostos a compartilhar sua localização com os varejistas, sendo os homens mais propensos que as mulheres a revelar este tipo de informação (40% vs 25%). Consumidores mais jovens – com idades entre 18 a 34 anos – também são os mais receptivos a este tipo de compartilhamento, quando comparado aos compradores da faixa etária de 35-54 anos (46% vs 22%).

Além disso, usuários de smartphones que realizam compras online também utilizam seu dispositivo para tirar fotos de produtos (37%) e enviar imagens de mercadorias para os amigos (34%).

Outros resultados:

70% dos consumidores que seguem varejistas através de blogs afirmam clicar em links que apontam para a loja virtual, enquanto 68% preferem utilizar o YouTube para obter informações sobre uma determinada marca.

Segundo a pesquisa Steelhouse, as principais razões para um comprador instalar aplicativos de varejistas em seu smartphone são para procurar itens (32%), descontos e promoções (26%) e realizar compras (22%). No entanto, ao fazer compras online, dois terços dos consumidores preferem sites ao invés de aplicações.

98% dos entrevistados relatam ler comentários na web sobre produtos antes de fazer uma compra, enquanto 2/3 também escrevem reviews.

As categorias de produtos que mais recebem avaliações de consumidores são eletrônicos (23%) e DVDs, CDs e MP3s (14%).

Metade dos e-consumidores afirmam comprar somente produtos classificados com 3 ou mais estrelas em uma escala de 5 estrelas.

Via E-Commerce News

Write A Comment