Compartilhe:

Aplicativos sociais e de negócios estão colidindo. No último ano, dezenas de empresas adquiriram outras no mercado de mídias sociais, conforme gigantes e aspirantes a gigantes disputam posições. Além disso, vemos empresas de redes sociais nativas, como Facebook, criando plataformas com capacidades para negócios, enquanto plataformas de negócios, como a Salesforce.com, adicionam capacidades sociais.

Aqui estão listadas algumas das mais recentes (e algumas ainda pendentes) aquisições focadas em negócios sociais. Os acordos aqui não são, necessariamente, os maiores ou o primeiro ou o único, mas eles demonstram as importantes tendências não só das redes sociais, mas também dos aplicativos de negócio em geral.

Consultoria de Marketing: As empresas que anteriormente apenas molharam os dedinhos no marketing em plataformas de redes sociais estão se descobrindo prontas para mergulhar de cabeça – mas não sem algum tipo de colete salva-vidas. Muitas empresas estão querendo aumentar a escala de suas campanhas, e empresas como a Buddy Media (possivelmente na mira da Salesforce.com) e a Vitrue (recentemente adquirida pela Oracle) podem ajudar empresas a criar, publicar, moderar, gerenciar, medir e relatar, de forma centralizada, campanhas de marketing social.

Análises: Muito do big data, de que tanto ouvimos falar, é gerado em plataformas de redes sociais, e diversas aquisições recentes focam em empresas que oferecem habilidades para fazer sentido de toda essa informação.

Gameficação: Os jogos representam os aplicativos mais interessantes nas redes sociais desde o inicio, e continuam direcionando downloads, vendas, renda com propaganda e público. Cada vez mais, os mecanismos de jogos invadem os aplicativos sociais. Muitas aquisições recentes refletem a popularidade e importância da gamificação.

Integração com aplicativos de produtividade: Em algum momento, no futuro próximo, todos os aplicativos de negócio terão algum tipo de capacidade social correndo em suas veias. Aquisições como a compra do OneDrum pela Yammer, que permite colaboração em tempo real em documentos do Microsoft Office, estão mostrando as direções em que os aplicativos de negócio estão seguindo.

Mobilidade: Muitas aquisições recentes tem reflexo móvel, conforme vendedores de redes sociais e aplicativos de negócios buscam alcançar usuários quando e onde quer que estejam.

Localização: Falando em alcançar usuários onde quer que estejam, os serviços baseados em localização são chave para o sucesso social, e muitas empresas estão adquirindo tecnologia que permita engajar usuários e focar propagandas baseadas em localização.

Influência: Conforme as empresas buscam engajar novos públicos, elas tentam influenciar os influenciadores. Identificar essas pessoas é o principal foco de muitas aquisições.

Via Information Week

Write A Comment