Compartilhe:

Você é um bom ouvinte nas redes sociais? Muitas empresas tratam a mídia social como se fosse uma conversa de mão única. Elas criam contas do Twitter e Facebook e, em seguida, começam a bombear com atualizações. Porém, seus seguidores, fãs, amigos e clientes estão respondendo.

1. Identifique o seu público. Depois de saber quem é seu público, você precisa saber onde eles estão. Um equívoco comum é achar que todo mundo está na mesma rede social. Isso não é verdade. Por exemplo, de acordo com um estudo realizado pela empresa de pesquisa Anderson Analytics, a Geração Z é mais ativa no MySpace do que o Facebook, apenas 9% usam o Twitter e não são ativos no LinkedIn.

2. Crie uma estratégia. Uma vez que você sabe que as redes sociais são relevantes para o seu público, você precisa identificar quais palavras que são usadas nas conversas. Crie uma lista de palavras-chave para seguir, incluindo a sua marca, produtos, eventos e quaisquer assuntos relevantes para seus clientes. Você também pode querer incluir seus concorrentes e influenciadores da indústria como palavras-chave de escuta.

3. Escolha a sua tecnologia. Há tantas ferramentas de monitoramento, tanto para desktop como mobile. Alertas do Google é um serviço gratuito do Google que monitora palavras-chave e envia notificações. Social Mention, também gratuito, permite monitorar redes sociais, blogs e comentários do blog e receber e-mails de alerta e “sentimento” de análise (uma indicação se o conteúdo é positivo, negativo ou neutro a sua marca). Ice Rocket ajuda você a descobrir tendências, frases-chave e menções na blogosfera, e pesquisar as palavras-chave em milhares de blogs e é grátis também. Faça sua pesquisa e determine o que funciona melhor para você.

4. Nomeie um profissional de mídia social para ser seu ouvinte designado. Este é um trabalho importante. Grandes empresas criam equipes de pessoas para cumprir este papel. Você também vai querer criar um plano diário e com horário regular para monitoramento. Ideal que você verifique os seus alertas e ferramentas em tempo real a cada hora que você para pegar as oportunidades que são relativamente frescas.

5. Crie uma estratégia de resposta. Quais são as respostas aceitáveis para diferentes tipos de comentários? Faça uma lista. O ouvinte designado está autorizado a responder de modo que você não perca tempo com processos de revisão e aprovação. Uma coisa importante: seja humano em suas respostas. Uma postura rígida e corporativa não é legal nas mídias sociais. É o Facebook e o Twitter, não a diretoria.

6. Seja responsável. Certifique-se de que os executivos sabem o que está acontecendo na mídia social. Dê-lhes um relatório, sim, mas também aconselhe sobre como a empresa pode precisar se adaptar. As coisas podem sair do controle rapidamente em redes sociais. Com a mídia social, você precisa ser pró-ativo. Você não pode apenas tentar melhorar a sua marca, você está protegendo-a, também.

Não basta falar com o seu público. Ouça. Preste atenção. Como você vai se envolver efetivamente com eles, se você não sabe o que estão dizendo?

Eu adoraria ouvir seus pensamentos, envie seus comentários.

Via Social Media Today

Write A Comment