Compartilhe:

O Marketing Digital já percorreu um longo caminho nos últimos anos, evoluindo de uma boa adição à sua estratégia de marketing para uma necessidade para a maioria das empresas. Felizmente, a maioria das empresas de pequeno e médio porte (PME) evita encarar a mídia social apenas como uma questão de estar online, mas há outras armadilhas.

 

Aqui estão os problemas mais comuns.

1. Excesso

Um dos maiores erros de mídia social que marcas PME cometem é querer estar presente em todos os sites sociais. Tudo muito bem se você tem uma página no Facebook e um perfil no Twitter, mas você também precisa de presença no LinkedIn, Google+, Pinterest e Instagram?

Ao tentar estar em todos os lugares, acabam criando perfis ou páginas que raramente atualizam, isso pode fazer você parecer desinteressado ou preguiçoso. Mesmo que este não seja o caso, além disso, você pode acabar ficando estressado, tentando atualizar todos os seus perfis regularmente.

Há duas maneiras de resolver esse problema. A primeira é segmentar o conteúdo. Certos tipos de conteúdo funcionam melhor em sites específicos. Por exemplo, as imagens estão entre os mais populares tipos de conteúdo postados no Facebook, por isso, se você está atualizando regularmente o Instagram, postar suas imagens no Facebook também será uma boa ideia. Se você está usando o Twitter regularmente, por que não colocar um link para o conteúdo da sua página no LinkedIn? Se isso for trabalho demais, às vezes é melhor se livrar dos perfis que você não usa mais.

2. Usar o mesmo perfil de mídia social para assuntos profissionais e pessoais

Não há nada errado com a manutenção do mesmo perfil para uso profissional e pessoal. Gerenciar uma conta só é mais fácil do que a atualização de duas contas diferentes, combiná-las significa que você pode dar a sua personalidade da marca, o que ajuda a seus seguidores entenderem tudo que diz respeito a você. Além disso, uma abordagem mais casual irá tornar suas atualizações mais agradáveis de seguir.

No entanto, há certos perigos de usar essa abordagem, principalmente se você disser ou postar algo que possa ser considerado polêmico.

O bom senso é fundamental. Enquanto você deve definitivamente manter sua personalidade aparente em seus tweets, muito cuidado com o que você está postando. Se é algo controverso ou poderia ser considerado ousado, você precisa levar em consideração o modo como os seus seguidores o receberá.

No caso do Twitter, se você fizer algum post que poderia obter uma resposta negativa, certifique-se de emitir outros tweets para explicar o contexto por trás desse tweet. Embora seja um ótimo lugar para mensagens mordazes, o Twitter não é adequado para opiniões que são mais complexas do que 140 caracteres. Se você estiver em dúvida sobre como algo será recebido, não o publique.

3. Não planejar como converter engajamento em negócios

Um dos grandes chavões sobre mídias sociais é “compromisso”. Embora seja ótimo que as pessoas estejam curtindo e comentando seus posts no Facebook, e se não conduz a algo de substancial para o seu negócio? As pessoas podem estar envolvidas com o seu conteúdo, mas esse público não vai decidir um dia que eles querem comprar seus produtos ou serviços, talvez uma porcentagem mínima, mas o resto deles será indiferente. Engajamento é parte do processo e não é um meio para um fim.

Enquanto levar as pessoas a se envolver com o seu conteúdo é metade da batalha, você terá que incluir o conteúdo que irá direcionar o público a seus serviços. Postando atualizações específicas da empresa, ofertas, ou ofertas de vez em quando.

4. Postar atualizações da empresa apenas

Se as pessoas sentem que se conectar a sua marca será apenas para receber informações de vendas, eles vão optar por sair rapidamente. As pessoas não gostam de empresas que vendem para elas constantemente, por isso é necessário encontrar um equilíbrio entre servir os seus interesses e os do seu público.

Procure adaptar uma relação de conteúdo que mantém o público interessado e ao mesmo tempo atende as necessidades do seu negócio. Dependendo do número de vezes que você postar, 5-1 é uma forma decente para começar, que é, cinco peças de conteúdo em favor do interesse do seu público, em comparação com um sobre a sua empresa.

5. Pensar que a mesma fórmula serve para todos

A sabedoria popular diz que cada empresa deve ter uma conta no Facebook e no Twitter. Embora haja uma série de aspectos positivos por trás de cada escolha, nem todas as empresas são construídas da mesma maneira. Só porque um site é popular não significa que seja adequado aos objetivos da sua empresa. Cada local tem diferentes pontos fortes e fracos.

Identifique o que sua empresa quer atingir, que tipo de público você está buscando se conectar, e que sites de mídia social estão em acordo com estes objetivos. Concentre-se nos dois sites mais importantes primeiro e desenvolva-os antes de decidir adicionar um outro site para sua equação.

Via Branding Personality

Write A Comment