Compartilhe:

Social Media e Storytelling é algo que pode ser usado por marcas para se envolver com a audiência e construir relacionamentos. Há um outro benefício de seguir uma abordagem narrativa da marca, que pode aumentar o compartilhamento de seu conteúdo. De fato, o potencial para construir relacionamentos, juntamente com o “efeito viral” é o que faz das histórias poderosas ferramentas de mídia social para as marcas.

É importante entender porque as pessoas compartilham conteúdo.

O NYTimes Insights Group publicou um estudo que analisou os principais fatores que influenciam as pessoas a compartilhar conteúdo. Sem surpresa, eles descobriram que a partilha é sempre sobre relacionamentos. Apresentaram essas motivações fundamentais para que as pessoas compartilhem:

  • Para levar um conteúdo valioso e divertido para os outros
  • Para se definir para os outros
  • Para ampliar e nutrir relacionamentos
  • Para divulgar as causas e as marcas que lhe interessam

Quando você está criando conteúdo é importante estar consciente da motivação do seu público. Ao planejar cada parte do conteúdo a equipe deve responder a estas perguntas:

  • Como isso agrega valor ao nosso público?
  • Como isso vai ajudar ou entretê-los?
  • Por que eles vão compartilhar?

 

A psicologia do compartilhamento

Algumas das outras razões que as pessoas compartilham estão em um nível psicológico mais profundo. A revista Psychological Science publicou um estudo sobre a psicologia do compartilhamento em 2011. A pesquisa descobriu que evocar certas emoções pode aumentar a chance de uma mensagem ser compartilhada. Aqui está uma citação:

“A partilha de histórias ou informações pode ser impulsionada em parte pela excitação. Quando as pessoas estão fisiologicamente excitadas, quer devido a estímulos emocionais ou de outra forma, o sistema nervoso autônomo é ativado, o que então aumenta a transmissão social.”

Em outro estudo, os pesquisadores foram mais longe e observaram os tipos de emoções evocadas pelo conteúdo. As principais foram: admiração, divertido, comovente, inspirador, chocante, bonito, sexo, medo, raiva, e controversa.

Claro, contar histórias é uma forma eficaz de transmitir este conteúdo emotivo.

Quando você pensar nos tipos de emoções listadas, você vai notar que há dois lados do espectro: mensagens positivas e negativas. Ambos trabalham no sentido de conseguir que seu conteúdo seja compartilhado. Se você deseja criar uma marca forte de longa data, você deve estar contando uma história positiva. Concentre-se em histórias que colocam seu cliente no papel do herói.

Então, o que isso tudo significa? Isso significa que há uma ciência para a criação de conteúdo compartilhável. Não é uma ciência exata, mas seguindo orientações específicas sobre as necessidades, desejos e psicologia do seu público, você pode aumentar drasticamente suas chances de conseguir que o seu conteúdo seja compartilhado.

Aqui está o que você deve manter em mente:

6 dicas para criação de conteúdo 

  1. Apele à principal motivação do seu público – para conectar uns com os outros
    (que não é apenas com a sua marca)
  2. Conte uma história
  3. Certifique-se de ter estabelecido a credibilidade
  4. Mantenha a mensagem simples
  5. Apele às emoções positivas, como inspiração, iluminação ou diversão
  6. Incorpore um senso de urgência

Se você não tem tempo ou paciência para fazer tudo isso, você pode sempre usar o Buyral.

Via HootSuite Blog

Write A Comment