Compartilhe:

O comércio eletrônico bateu em R$ 12,7 bilhões nos primeiros seis meses de 2013, alta de 24% em relação ao ano passado, conforme indica o novo relatório da E-bit, divulgado nesta quarta-feira, 21/8.

Segundo o levantamento, 35,54 milhões de pedidos foram feitos via Internet no primeiro semestre, 20% maior que entre janeiro a junho de 2012.

O tíquete médio das compras online cresceu 4%, ficando em R$ 359,49.

Os itens mais buscados são da categoria “Moda & Acessórios”, com 13,7% das compras pela rede. Em seguida, “Eletrodomésticos” (12,3%), “Cosméticos e Perfumaria/Cuidados Pessoais/Saúde” (12,2%), “Informática” (9%) e “Livros/Assinaturas e Revistas” (8,9%).

Com esse desempenho, a E-bit calcula que até o fim deste ano o faturamento deverá chegar a R$ 28 bilhões, o que significará um crescimento nominal de 25% em relação ao ano passado, quando o setor faturou R$ 22,5 bilhões.

O estudo também indica que 3,98 milhões de pessoas fizeram a sua primeira compra online neste primeiro semestre – abaixo dos 4,6 milhões que experimentaram o comércio eletrônico nos seis primeiros meses de 2012.

A maior parte desse público é feminino (55%), na faixa etária dos 25 aos 49 anos (67%), com forte presença da classe C – 58,6% dos compradores online tem renda de até R$ 3 mil.

Via Convergencia Digital – Com informações da E-bit

Write A Comment