Compartilhe:

É só um jogo? Vamos explorar como o marketing de conteúdo pode aprender com um dos jogos mais viciantes que a internet já viu.

 

Gamification (uso de técnicas de design de jogos) tem sido usado há anos para traçar estratégias. O Candy Crush Saga é o exemplo perfeito de um jogo que tem muito a ensinar ao mundo do marketing de conteúdo.

O Candy Crush se adere a uma das regras mais rudimentares de apresentação de conteúdo: mantenha tudo simples. Quase todo mundo sabe como jogar o jogo Bejeweled, e o Candy Crush está comandando o formato clássico de jogo ao adicionar alguns sinos e assobios para apimentar as coisas.

O conteúdo sendo simples será acessível a pessoas de todas as esferas da vida. O Candy Crush também é visualmente atraente e muito gratificante, com diversão, cores brilhantes e facilidade de realização de reforço dentro de níveis. Visualmente falando, é o conteúdo que as pessoas vão querer voltar.

Simplificando, o Candy Crush é viciante – e foi habilmente concebido para ser assim. A revista Time ainda explorou a ciência por trás do Candy Crush para descobrir por que as pessoas não conseguem parar de jogar.

Um dos mecanismos mais engenhosas por trás do jogo é sua capacidade de fazer os jogadores quererem mais. Diferentemente da maioria dos jogos on-line , você não pode se perder por horas e horas a cada vez. Fazer as pessoas esperam para que possam continuar jogando é uma das principais razões que os jogadores não conseguem alcançar níveis mais altos tão rápido – eles não podem ter mais vidas, mas eles querem.

Da mesma forma, quando você está sem movimentos, mas só precisa que um último golpe para bater o nível, o jogo vai perguntar automaticamente se você quer continuar jogando. Se você fizer isso, sua única opção é pagar.

Como as empresas podem seguir este modelo? É tudo baseado em torno de uma necessidade de continuar. Isso significa tornar o conteúdo uma presença diária.

É importante estabelecer uma rotina.

Conteúdo de alta qualidade entregue através de blogs e atualizações de mídias sociais é sempre uma maneira inteligente de começar.

O Candy Crush é totalmente sobre compartilhamento de mídia social. Afinal, o jogo começou no Facebook. Quando você bate um nível, o jogo pergunta se você deseja compartilhar o seu progresso com os amigos. Ele também irá mostrar onde se classificou nesse nível particular, onde os amigos se classificaram, e se você bateu um de seus pontos.

Amigos também são incentivados a ajudar uns aos outros, dando movimentos e vidas extras, e ajudando os jogadores a se moverem para o próximo “capítulo” do jogo.

É um nível de interatividade que qualquer marca deve se esforçar a ter.

Facebook, Instagram e Vine são excelentes plataformas para o compartilhamento de conteúdo visual, e esses sites de mídia social também podem ser integrados com outros conteúdos da web. É uma questão de incentivar a interação.

Via Social Media Today

Write A Comment