Compartilhe:

Aprender Uma Nova Língua

Talvez você queira aprender uma nova língua para mudar de emprego, se comunicar com os colegas no exterior ou porque você quer viajar e não se sentir impotente. De qualquer forma, você faz parte de um clube exclusivo, por exemplos nos EUA, apenas 17% das pessoas são capazes de falar uma língua estrangeira, mas independente das estatísticas, há uma tendência ainda mais preocupante. A forma como as línguas estrangeiras são ensinadas é cheia de armadilhas e poucas escolas estão fazendo a coisa certa. Aqui estão 8 maneiras erradas de aprender uma língua estrangeira. Portanto, se o seu professor está insistindo nessas formas, pode ser uma boa ideia procurar outra escola.

Regras de Gramática

A gramática de uma língua estrangeira é cheia de usos complicados, exceções e distinções sutis. Ensinar estas regras pode ser útil quando se escreve um ensaio acadêmico, mas para o nível iniciante, a gramática não vai ajudar o aluno a compreender ou se comunicar na língua.

Toneladas de Vocabulário Novo

Você sabia que você só precisa de um número limitado de palavras em qualquer idioma que são utilizados uma e outra vez? Sim, em Inglês, você pode conviver na maioria dos casos, usando apenas 300 palavras. O mesmo vale para a maioria das outras línguas.

Como descobrir palavras no idioma escolhido? Basta baixar um aplicativo, como Anki no seu telefone. O sistema utiliza métodos de flashcard que mostra as novas palavras em intervalos espaçados estrategicamente para ajudá-lo a lembrar-se delas. Existem também o Duolingo.

Frases Sem Sentido

Se você é convidado a repetir frases sem sentido que não têm nenhum contexto ou mesmo relevância para você, pessoalmente, então é improvável que você vá se tornar proficiente na língua-alvo. Você precisa entender as mensagens dentro de um contexto.

Leitura de Clássicos

Especialistas concordam que a leitura de clássicos ou mesmo versões simplificadas não é a forma mais eficiente para aprender uma nova língua. A linguagem pode ser ultrapassada e o vocabulário arcaico. A melhor alternativa é ler livros infantis na língua-alvo. Esta é uma ótima maneira de começar a exposição à língua, sua gramática e vocabulário. Tudo é ilustrado e a linguagem é perfeita para iniciantes. Há também a vantagem de que se você conhece a história, então, será uma grande ajuda para contextualizar novas palavras e ser capaz de adivinhar o seu significado corretamente.

Subestimar a Capacidade de Ouvir

A chave para a comunicação é entender o que as pessoas estão dizendo em sua língua-alvo. Se você negligenciar isto, então você está no caminho para o fracasso. Muitas escolas fazem ouvir um exercício bastante chato e insistem em responder perguntas de compreensão que são pouco relevantes. Ouvir a outra língua deve ser um exercício diário. Com podcasts, programas de TV, transmissões de notícias, rádio, YouTube e uma série de outros recursos, a escolha é sua. Você pode ouvir quando estiver no trânsito, na esteira da academia, almoçando sozinho, integre a atividade a seu cotidiano. Esta é a maneira mais fácil e mais barata de obter a imersão total que seria, naturalmente, o ideal.

A Maneira Tradicional

Estudar gramática e memorizar listas intermináveis de palavras não é a melhor maneira de estudar. Há agora aplicativos que são amplamente disponíveis e eles podem complementar os métodos mais tradicionais, talvez por isso uma abordagem mista seja a melhor. Como no caso do Duolingo, já citado, são 50 milhões de usuários! Especialistas dizem dedicar 35 horas ao estudo no Duolingo é o mesmo que um semestre de aula tradicional.

Não Explorar Cognatos

Cognatos são palavras semelhantes em outros idiomas. Por exemplo, o Português e o Espanhol têm muitas palavras de origem Latina. As pessoas estão obcecadas com “falsos amigos”. Se você diz ’embarazada’ em espanhol, pensando que é o mesmo que ‘envergonhada’, você está dizendo às pessoas que você está grávida! Este é um exemplo de um “falso amigo”. Mas cognatos são um grande recurso.

Por exemplo, as seguintes palavras em inglês:

  • mechanical
  • historical
  • ideological
  • ethical
  • cultural

têm equivalentes quase idênticos em holandês, alemão, sueco e norueguês.

Ver o Estudo de uma Língua Como uma Tarefa

A melhor maneira é considerar o estudo de uma língua como a abertura de uma caixa de oportunidades para aprender sobre uma nova cultura, para desfrutar de uma nova literatura, filmes, jogos de computador, e canções. Todas as suas atividades favoritas podem ser feitas na língua que você está aprendendo. Bate-papo com novos amigos no Skype, atualizar seu status em mídias sociais e responder e-mails. Organize uma viagem ao país para experimentar as suas novas competências linguísticas. Isso fará com que todo o processo seja muito mais agradável e também fazer a sua aprendizagem realmente muito mais fácil.

Via: Lifehack

Write A Comment