Compartilhe:

Aqui está um rápido checklist que inclui algumas das coisas mais importantes ou impactantes no ecommerce.

 

Marketing de Conteúdo

Bons comerciantes criam conteúdo útil ou divertido que realmente ajuda, informa ou entretém clientes e prospects, de maneira que se tornam clientes fiéis. Todo mundo ganha.

Quando um artigo ou um vídeo atrai o cliente potencia, atrai esse público também para seu site, e, eventualmente, aumenta o número de vendas.

Analise os esforços de marketing de conteúdo anteriores para identificar quais os artigos, imagens ou vídeos levaram a maior parte do tráfego para o site ou as conversões.

Desenvolva uma hipótese para explicar porque essas peças de marketing de conteúdo foram relativamente mais bem sucedidas. Não se esqueça de analisar as tendências gerais ou termos de busca populares. Faça experiências com conteúdo semelhante, com base em sua hipótese, para saber se ele também se torna bem sucedido. Reveja os resultados destes novos esforços de marketing de conteúdo para aprender o que funcionou, e ajustar a sua hipótese de marketing de conteúdo.

E-mail

Quando um cliente ou potencial cliente toma alguma ação desejada, como registrar-se em um newsletter de uma loja, podemos iniciar uma campanha de e-mails com boas-vindas que incentive a confirmação de inscrição, tranquilize o cliente que subscrever foi uma boa escolha, e, talvez, ajude a fazer uma venda inicial. Ou da mesma forma, se um cliente conhecido abandona um carrinho de compras, uma série de e-mails pode incentivar esse cliente a retornar e concluir a compra.

Mídia Social

Facebook é o maior e mais importante site de mídia social para a grande maioria dos negócios de comércio eletrônico. É, portanto, o centro da maioria das campanhas de mídia social. Porém não somente o Facebook pode ter um impacto positivo sobre o envolvimento do cliente e as vendas de um varejista. Exemplos são Twitter, Pinterest, Instagram e Google+. Tente encontrar nichos, comunidades específicas da sua indústria.

Personalização

Personalização pode referir-se a recomendações personalizadas de produtos. Pode descrever uma forma de segmentação de marketing. Ou pode ser tão simples como, incluir o nome do seu cliente no topo do site, quando ele retorna.

Descubra uma maneira de ficar um pouco mais perto de seus clientes, mesmo que seja algo simples como apenas chamando-os pelo nome. Isto é importante porque, cada vez mais, os varejistas líderes vão usar personalização para ganhar a lealdade do cliente.

Write A Comment