Compartilhe:

Funil de VendasO marketing de conteúdo é uma estratégia focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e adquirir audiência com o objetivo de dirigir a uma ação.

Esta técnica tem sido usada há anos para atrair novos clientes para as empresas. O marketing de conteúdo é fundamental para mover os prospects para baixo no funil de vendas, desde o primeiro contato até a assinatura de um contrato.

Os compradores se movem através de um processo de tomada de decisões, começando com “Como posso resolver este problema?” e avançam para “Eu preciso deste produto?” antes de terminar com “Por que eu deveria comprar desta empresa e não da outra?”

O conteúdo aborda (ou deveria abordar) cada uma destas questões, ajudando a sua empresa e equipe de vendas a serem vistos como líderes e com recursos confiáveis.

 

Topo do Funil

O conteúdo voltado para essa etapa especialmente relacionado ao Inbound Marketing. Este é o momento para atrair novos olhos e envolver os visitantes.

Você quer atrair tantos clientes potenciais e compradores quanto possível. Este conteúdo deve ser leve, fácil de digerir e compartilhável. Algo como um aperitivo.

Exemplos de tipos de conteúdo para essa etapa:

  • Infográficos
  • Posts em Blogs
  • Vídeos
  • Gráficos

Uma vez que você ganhou a atenção do público, deve move-los em seu funil de vendas com uma chamada estratégica para a ação. Isso deve direcionar o usuário para um formulário de download (em que ele deve fornecer suas informações de contato).

Nesse momento você deve fornecer ao leitor material mais inserido no contexto, mais profundidade ou entendimento mais específico do tema; como um prato principal. Se o leitor gosta muito do que vê no momento do aperitivo, ela vai optar por fornecer seu endereço de e-mail e outras informações para continuar a jornada.

Meio do Funil

Os esforços aqui se concentram em nutrir leads. É hora de observar quem são seus leads e oferecer materiais com conteúdo mais relevante, mais útil e oportuno para cada tipo de usuário.

Neste ponto, o seu conteúdo deve encaminhar os leads ainda mais para a base do funil através do estabelecimento de uma maior confiança e entrega de conteúdo mais centrado no produto.

Exemplos de tipos de conteúdo para essa etapa:

  • Posts em Blogs
  • E-books
  • Guias e Manuais
  • Whitepapers
  • Webinars
  • Templates
  • Hangouts

Fundo do Funil

Tradicionalmente, as vendas acontecem no fundo do funil.

O conteúdo fornecido no estágio final continua a desenvolver a confiança e a credibilidade e também deve comunicar a urgência. Neste ponto, é importante também tocar nas funcionalidades e os benefícios de suas ofertas. Este é o conteúdo que permite que sua equipe de vendas feche a lacuna entre as melhores práticas e os seus produtos ou serviços.

Nesse momento seu comprador está se perguntando: “Por que eu deveria comprar desta empresa e não do concorrente?”

Entregue conteúdo que aborde estas questões. Mostre os benefícios de seu produto especificamente para este comprador com conteúdo específico para seu segmento e perfil.

Exemplos de tipos de conteúdo para essa etapa:

  • Estudos de Caso
  • Depoimentos
  • Pesquisas
  • Tutoriais
  • Guias
  • Análise Competitiva

O conteúdo não focar apenas no topo do funil. O Marketing de Conteúdo pode e deve ser usado em toda a jornada do comprador, todo o caminho até um contrato assinado. Conforme o comprador se move para baixo no funil e mais perto do produto, assim deve ser seu conteúdo – começando com uma abordagem ampla e tornando-se mais focado e específico a medida que você caminha em direção ao fechamento.

Via Influence&CO

1 Comment

Write A Comment