Compartilhe:

O Marketing Digital continua a evoluir com novas tecnologias e atualizações nas plataformas sociais modificando a maneira como nos comunicamos e criando novas oportunidades para as marcas entregarem seus conteúdos. É importante estar atento as tendências e acompanhar essa evolução. Aqui estão as tendências do Marketing de Mídia Social para 2017 para você ficar atento e planejar sua estratégia de conteúdo.

A primeira tendência já é bem conhecida de todos, o Facebook vai se tornar cada vez mais centrado em vídeos, por isso as marcas já devem aprimorar sua capacidade de promover vídeos para impulsionar o engajamento e manter a visibilidade.

O Instagram também segue a tendência de mais conteúdo em vídeo e agora também com transmissões ao vivo. O envolvimento do usuário com as marcas no Instagram é 10 vezes maior do que no Facebook. Além disso, o Instagram é a plataforma social onde os usuários são mais propensos a seguir as marcas.

GIFs e emojis colocam mais personalidade no conteúdo. São uma maneira de se expressar com mais informalidade e pessoalidade. Porém é importante que a utilização seja feita em conformidade com a personalidade da marca e principalmente que esteja alinhada ao conteúdo e contexto.

A inteligência artificial desempenha papel importante no ambiente social na medida que os chatbots se tornam mais comuns na interação com os clientes. As marcas devem entender as oportunidades e usar a tecnologia com sabedoria para manter os clientes engajados.

A comunicação está se tornando cada vez mais informal, exemplo disso é o Snapchat, o Instagram Stories e o Facebook Live, que visam uma narrativa mais informal e direta. Neste ambiente, as marcas precisam agir de maneira descontraída, o que acaba sendo visto como algo mais genuíno pelos clientes. Em muitos casos, isso exigirá que as marcas repensem e reposicionem a voz utilizada nas redes sociais.

Os usuários estão ganhando cada vez mais controle de sua própria experiência nas plataformas sociais. Várias redes implementaram novas opções que dão aos usuários o controle sobre como seus feeds entregam o conteúdo, isso significa escolher o conteúdo relacionado a seus interesses.  Por isso as marcas devem estar atentas para entregar o conteúdo cada vez mais personalizado de acordo com o comportamento e as preferências do cliente.

Os influenciadores (ou social influencers) continuam como importante estratégia de Marketing, porém a advocacia dos funcionários – encorajar e incentivar os membros da equipe a compartilharem mensagens de marca em suas próprias contas de mídia social – está pronta para ser uma mudança de jogo em 2017. Mesmo pequenas empresas, com poucos seguidores podem se valer dessa estratégia, já que as contas pessoais são “mais confiáveis” ​​e também são tratadas de maneira diferente pelos algoritmos.

Importante lembrar que a advocacia não pode ser algo forçado. Os funcionários precisam querer compartilhar postagens da empresa, e o conteúdo tem que se alinhar com seus próprios públicos e função dentro da empresa.

A cada dia mais empresas estão usando os canais sociais para marketing, atendimento ao cliente e vendas. Em contrapartida o treinamento dos funcionários da linha de frente foi totalmente ignorado. Uma pesquisa da empresa de consultoria de gestão Capgemini Consulting diz que nove em cada dez empresas relatam que seus trabalhadores não têm as habilidades necessárias para utilizar as mídias sociais como uma ferramenta de negócios. Isso reflete em leads perdidos e até gafes no Facebook. O que só vai piorar em 2017, já que cada vez mais as mídias sociais farão parte do dia-a-dia das empresas nas mais diversas e sofisticadas maneiras.

Muitas empresas ainda pensam nas mídias sociais como puramente uma ferramenta de propaganda, na contramão disso as pessoas estão cada dia mais buscando serviços ao cliente nesses canais. Além de utilizar esses canais como real fonte de informação e aprendizado. Daí a necessidade real de um plano estratégico para presença e utilização dessas ferramentas, e mais do que tudo, treinamento de pessoal para que todos participem dessa constante evolução.

O que você achou dessas ideias? Concorda? Escreva nos comentários outras tendências que você aposta para 2017.

 

1 Comment

  1. Ótimo post! Obrigada pelas dicas! A “advocacia dos funcionários” é muito mais importante do que a maioria das empresas pensa… um empresa onde os funcionários estão felizes e orgulhosos de fazer parte de um team também é uma empresa confiável! Mas é claro, os funcionários precisam estar preparados para essa “advocacia”.

Write A Comment