Compartilhe:

Quando você quer aprender mais sobre estratégias avançadas de SEO, como semântica e silos, há uma escassez de recursos que o orientam passo a passo, principalmente sobre como implementar a estrutura de silos para SEO.

Neil Patel insiste em que você implemente a estrutura do Silo, pois está funcionando e não vai parar de funcionar no futuro próximo.

Assim, agora vou lhe explicar o segredo que a maioria dos profissionais usa para classificar rapidamente o site deles e conseguir autoridade aos olhos do Google.

Esta técnica de SEO onpage é chamada de “estrutura de silo”.

Aliás, eu amo técnicas onpage, pois temos controle total sobre elas. E isso é ótimo

Então, vamos começar a explicação e lhe ajudar, pois isso é o que interessa !

O que é Estrutura de Silo?

No que diz respeito aos blogs, a estrutura de silos é o processo de organizar as informações relacionadas em seu site em conjunto.

Essa estrutura de silo é geralmente mapeada antes de lançar um site, pois o conteúdo relevante no site é agrupado.

Bem, deixe-me ilustrar isso com um simples mapa mental que um amigo meu me mandou e é muito útil:

Estrutura de Silo

Por Que Usar a Estrutura de Silo?

Experiência do usuário: um site bem organizado permite que os visitantes em seu site naveguem facilmente.

Eles encontram todo o conteúdo relevante no seu site, facilmente, pois você tem uma hierarquia.

SEO: Este é um dos maiores benefícios da estrutura de silo.

A implementação da estrutura de silo em sites de nichos (por exemplo) a partir do início, reduz o tempo de armazenamento na sandbox do Google que seu site passa por três a quatro meses após sua criação.

Você já deve saber que a relevância atual do site desempenha um papel crucial no SEO.

Por exemplo, uma análise de dispositivos móveis feita em um site de saúde conhecido não terá classificação superior a um blog de tecnologia. Por quê?

O Google pergunta-se: “Como é que um especialista em saúde produzir uma análise de dispositivos móveis de qualidade maior do que um especialista em tecnologia?”.

Com a estrutura de silo, você poderá enviar o máximo de links para o conteúdo desejado e classificá-lo facilmente para a palavra-chave, aproveitando a interligação de conteúdo.

Criação de backlinks: com a estrutura do silo instalada, você pode fazer cerca de 80% dos seus links para as páginas importantes do silo.

Como as páginas do silo serão vinculadas a outras postagens do blog na categoria, o fluxo do link juice fluirá. Legal né?

Construindo a Estrutura de Silo

Antes de implementar o silo em seu site, é essencial criar um mapa mental ou pelo menos um esboço da estrutura do silo que você deseja apresentar.

Eu faço uso de um aplicativo de mapeamento mental gratuito e multiplataforma chamado XMind para criar uma estrutura de silo para meus sites. Veja a aparência dele abaixo:

Construindo a Estrutura de Silo

Não esqueça de criar notas específicas para os nós dos mapas mentais.

Veja um exemplo abaixo:

Construindo a Estrutura de Silo

Ao criar notas para os nós, como você pode ver na imagem acima, você pode facilmente mencionar mais detalhes sobre o conteúdo e torná-lo mais efetivo.

Implementando Estrutura de Silo no WordPress

Leia isso com atenção.

A implementação da estrutura de silo não é tão fácil quanto brincar com categorias e tags.

Não há nenhum recurso embutido oferecido pelo WordPress para criar uma estrutura de silo para o seu site ou blog.

Assim, você precisa criar manualmente algumas hierarquias de conteúdo relacionadas entre si.

Existem várias etapas envolvidas no processo de implementação da estrutura do silo em seu blog para SEO.

Vejamos elas abaixo:

1- Comece com algumas ideias de palavras-chave de alto tráfego

Não importa quão estreito seja o seu nicho ou mercado.

Se você acha que existem mais tópicos ou sub-nichos dentro do nicho de seu blog principal, você pode ter ideias de palavras-chave em potencial, analisando quais são os temas de assunto para os quais seu site está classificado.

Por exemplo, se você pegar o nicho “lente de câmera” como exemplo.

Ao escolher palavras-chave, sempre tendemos a escolher palavras-chave de vários sub-nichos. Você pode usar várias palavras-chave de tópicos como:

  • melhor lente macro;
  • melhor lente foco;
  • melhor lente grande angular;
  • melhor lente telescópica.

Estas são algumas das palavras-chave do nicho “lente de câmera”.

Não se preocupe muito com a concorrência de palavras-chave.

Mas não exagere.

Certifique-se de que as palavras-chave sejam intenções de compra (mais perto do fundo do funil), porque essas palavras-chave são as que você classifica.

2 – Crie conteúdo de silo em páginas do WordPress

Aqui é onde o jogo começa.

Crie um conteúdo de página do WordPress em todos os itens a seguir.

O conteúdo que você está criando deve ser Evergreen, para que você não precise atualizá-lo com mais frequência.

A razão pela qual você está criando o conteúdo do silo na página do WordPress é porque eles não devem ser enterrados nos arquivos do seu blog e devem ser atemporais.

Certifique-se de que o conteúdo do silo criado por você seja épico e que tenha pelo menos 2.000 palavras (o ideal é de 4.000 a 7.000). Estes são como pilares do seu blog.

Faça uso de imagens ricas e faça uso da palavra-chave principal e também de palavras-chave de cauda longa em todo o artigo para dar um impulso de SEO na página.

Verifique se o conteúdo é épico e é superior a outros concorrentes da SERP para essa palavra-chave.

Além disso, inclua uma tabela de conteúdo e tabelas de comparação (se aplicável) para ajudar a obter destaque no gráfico do Google Knowledge no futuro.

Lembre-se, é uma página do WordPress, mas não uma postagem do WordPress.

Alternativamente, você também pode manter o URL da página do silo e a categoria mesmo.

Deixe-me explicar melhor isso.

Vamos supor que você tenha 3 silos criados para o seu site.

Agora crie três categorias e também três páginas de silo com o mesmo URL slug / name.

Agora, seu trabalho é, de alguma forma, redirecionar as páginas da categoria para suas respectivas páginas de silo.

Por exemplo, você precisa redirecionar via 301 /categoria/silo-1/ para /silo1/.

Depois de fazer isso, você também precisa lembrar de não desindexar as páginas de categorias.

As páginas da categoria devem redirecionar via 301 para a página do silo.

3 – Criar postagens de blog de suporte

Agora é hora de criar alguns posts do WordPress em seu silo.

Mas como fazer isso? Continue lendo.

Pare de publicar postagens de blog, que não se encaixam em nenhum silo criado por você.

Crie conteúdo relevante apenas para o conteúdo do silo publicado nas etapas anteriores.

Anteriormente eu usei o exemplo da lente da câmera.

Tomemos o exemplo do primeiro silo “melhor lente macro”.

Agora, para esta página de conteúdo do silo, você pode criar postagens de blog com palavras-chave como:

  • Coisas para saber antes de comprar lente macro;
  • Como usar uma lente macro;
  • Melhor lente macro para canon;
  • Lentes macro para celular.

A lista acima mostra algumas das ideias favoráveis para postagens de blog da sua principal palavra-chave do silo – “melhor lente macro”.

Você precisa criar pelo menos três posts relevantes para a palavra-chave principal do silo.

Assim, crie alguns artigos de apoio para todos da página do silo que você criou.

Certifique-se de que todas as postagens do blog estejam vinculadas (linkadas) a partir das respectivas páginas do silo.

4 – Estratégia de linkagem interna de silo

Aí vem a parte importante.

Estou falando apenas de links internos, não de links externos.

4 a 5 links externos em seu artigo de 1000 palavras são uma ótima média.

Sem uma estratégia de vinculação interna adequada em sua estrutura de silo, como você pode esperar que o Google determine conteúdo relevante em seu site?

A) Postagens de apoio (postagens filhas)

Todas as postagens de suporte que você criou devem ser vinculadas às páginas do silo pai (preferencialmente no primeiro parágrafo das postagens filhas).

É aqui que você passa o máximo de links para o conteúdo do silo e classifica para palavras-chave mais importantes.

Você pode ser agressivo ao usar as e palavras-cgacâncoras nos links internos, para os quais o conteúdo do seu silo deve ser classificado.

As postagens de suporte no blog podem ser vinculadas entre si, ou seja, uma postagem de blog pode vincular a outra na mesma hierarquia de silo.
Você não deve vincular de postagens de apoio a outras páginas-pai de silos diferentes.
Isso quebra o círculo de relevância e vazamentos de link juice.

Você também não deve vincular as postagens filhas de outros silos.

Mantenha a ligação entre as mensagens do mesmo silo.

B) Páginas de silo (pais)

A página do silo deve ser vinculada a todos as filhas deles no mesmo silo (de preferência no meio ou no fundo das postagens).

A página principal do silo pode, às vezes, ser vinculada a outras páginas do silo.

C) Home page (pagina inicial)

A página inicial deve ter links para todas as páginas do silo (pode ser na barra lateral ou na barra de navegação, preferencialmente).

Entendendo bem:

Como você pôde perceber, várias postagens do blog estarão vinculadas ao conteúdo do silo que você deseja classificar.

Com isso, o link juice máximo será passado para a página do silo, e será classificada mais alto para as palavras-chave que você está segmentando ou para as palavras-chave que você nunca imaginou.

Dica: não crie uma postagem de blog que não se encaixa em nenhum dos silos que você criou.

Quando usar a estrutura do silo?

A estrutura de silo pode ser usado quase sempre quando você cria ou atualiza um site.

Porque é garantido para aumentar o seu SEO na página.

No entanto, a estrutura de silo é melhor para ser implementada nos seguintes casos, se você não tiver implementado:

  • Quando você está segmentando poucas palavras-chave específicas no seu site;
  • Quando seu site não está organizado corretamente;
  • Se você precisa desesperadamente classificar uma página específica (neste caso, é a página do silo);
  • Se o seu site tiver muito conteúdo, mas pouco ou nenhum tráfego orgânico;
  • Se o seu site é novo, nunca perca a estrutura do silo, pois será difícil implementar o silo quando o site começar a crescer;

Implementando a estrutura de silo em um site existente

Quando o site está recebendo tráfego orgânico baixo, apesar do grande volume de conteúdo, é essencial considerar o uso da estrutura de silo.

Para que você possa implementar facilmente o silo em um site ou blog existente, listarei as etapas ideais:

  • Invente sub-nichos para o seu nicho (considere tópicos para os quais seu blog já está classificado), observando as categorias em seu site;
  • Certifique-se de que todos os seus posts sejam arquivados em uma e somente uma categoria. Cada categoria deve ter pelo menos 3 posts no blog, caso contrário, não crie uma categoria;
  • Exclua as categorias redundantes e indesejadas ou não as indexe. Se você quiser ter 3 silos em seu site, mantenha 3 categorias com o mesmo nome / slug;
  • Crie conteúdo de silo (conteúdo detalhado) em uma página do WordPress. Você deve segmentar uma palavra-chave específica (pode ser de alta competição);
  • Agora nas páginas do silo, inclua links internos para todos os posts sob esse silo;
  • Adicione os links às páginas principais do silo criadas na página inicial, por meio da navegação ou da barra lateral.

Às vezes, haverão algumas postagens de blog que não se encaixam em nenhum dos silos que você criou enquanto trabalhava em um site antigo. T

ente o seu melhor para incluí-los em qualquer silo ou deixe-os como estão.

Embora você possa implementar efetivamente o silo no site, se não for implementado corretamente, poderá perder alguns rankings.

Então, não fique muito preocupado com isso. As coisas vão ficar melhores, acredite.

Quantos silos por site?

Isso depende inteiramente da sua estratégia de conteúdo.
Se você está começando de um nicho focado em um nome, apenas um ou dois silos é suficiente.

Como você abre suas asas para outros nichos no futuro, você sempre pode adicionar novos silos.

Por exemplo, se o seu site for AudioReviews.com (exemplo) e começar inicialmente apenas com fones de ouvido, tenha apenas um ou dois silos no começo, ou seja, de fones de ouvido.

Adicione outros silos à medida que amplia seu conteúdo para fones de ouvido, alto-falantes etc.

Se você tem um site como, HeadphoneReviews.com (exemplo), então tem vários silos iniciais como os melhores fones de ouvido, fones de ouvido com cancelamento de ruído, fones de ouvido, etc.

Em seguida, faça postagens-filhas melhores, como fones de ouvido com redutor de ruído, fones de ouvido mais baratos do que R$ 500,00, etc.

Se você está começando com um site amplo de vários nichos (que eu não recomendaria se você não tiver um alto orçamento), então vários silos desde o início do site são o ideal.

Perguntas frequentes sobre a estrutura do silo (importante)

Quantos silos por site?
Depende inteiramente do tamanho do seu site. Se você estiver executando um site de autoridade no qual você segmenta inicialmente um único nicho e deseja expandir seus alcances em um futuro próximo, é suficiente começar com um silo.

Para quais páginas devo construir backlinks?
Sugiro que você segmente uma palavra-chave de alto volume para as páginas do silo e segmente as de cauda longa para as postagens. Você precisa construir a maioria dos backlinks, digamos, 80% dos backlinks para as páginas do silo. Como você estará ligando para os posts abaixo das páginas do silo, o link juice fluirá por toda a estrutura do silo dentro do tópico.

Como posso ver a estrutura do silo dos meus concorrentes?
Quase 80% dos sites não seguem a estrutura do silo. Se você tem certeza sobre um site que usa a estrutura do silo, dê uma olhada no sitemap, por exemplo, em site.com.br/sitemap.xml

Silo para o Google
Eu sugiro que você use breadcrumbs quando estiver usando silos para que o Google entenda melhor sua estrutura de silo.

Qual seria a estrutura de URL das publicações filhas?
Alguns dos blogs mantêm a estrutura de URL das postagens filhas em site.com.br/nome-do-silo/nome-do-post. Mas isso não é realmente necessário, desde que você tenha um silo apropriado interligado no lugar. Uma estrutura de URL genérica como site.com.br/nome-do-post para ambas as páginas e postagens funciona muito bem.

Você recomenda sub-silo?
Sub silo está criando outro silo abaixo do principal. Nesse caso, sua postagem seria assim: silo> sub-silo> post. Eu não gosto de estruturas assim, porque os breadcrumbs seriam muito profundos. No entanto, você pode reservar essa estratégia apenas para interconexão.

Como preciso segmentar palavras-chave em páginas de silo?
Você precisa segmentar palavras-chave em todos os conteúdos que você cria. Como você estará construindo a maioria dos backlinks para as páginas do silo e flui para baixo nas páginas filhas, assim segmentar uma palavra-chave de alto volume é muito essencial para as páginas do silo.

Agora é com você!

O SEO está se movendo em direção à otimização tópica e se distanciando da otimização de palavras-chave.

Você pode perceber isso com o aumento da importância da semântica sobre o uso da mesma palavra-chave repetidas vezes.

Os SEOs começaram a se preocupar menos com a densidade de palavras-chave e mais com a criação de conteúdo relevante de qualidade.

Se você pretende iniciar um novo site, planeje a estrutura do silo em seu calendário editorial.

Então, de acordo com o cronograma, comece a criar as páginas principais do silo e os posts de suporte (postagens-filhas).

Interligue tudo inteligentemente para que o conteúdo relevante seja agrupado, elevando um ao outro para classificações mais altas.

Quando o rastreador do Google chega à página do silo, ele só deve encontrar o conteúdo relevante.

Por isso, o seu blog ou site ganha confiança tópica, não só de palavras-chave.

Espero que você tenha curtido este guia simples sobre como implementar a estrutura do silo para SEO.

Se gostou e achou útil, que tal compartilhar esta postagem com seus amigos?

Texto por Rodolfo Sabino
Consultor Especializado em SEO

Write A Comment