Compartilhe:

Independentemente do tamanho da sua empresa ou do tipo de produtos e serviços que você oferece, você precisa ser instantaneamente reconhecido pelos seus clientes. Certamente, os amadores dirão que uma marca criativa é apenas ter design profissional, mas é muito mais. Vamos entender a importância da criatividade no marketing.

Dados ou Criatividade

Quando analisamos as informações sobre os leads que conquistamos, as vendas que fechamos e conteúdo que nossa audiência prefere, começamos a ver que, embora os dados e analytics tenham uma importância especial na estratégia, eles na verdade representam o que aconteceu, não o que acontecerá.

Os dados são um ótimo indicador do passado, enquanto a criatividade é um portal para o futuro. É a curvatura do espaço-tempo em um universo em constante expansão. Os dados são o ontem. A criatividade é o amanhã.

Donn Carstens

A criatividade é o oxigênio dos negócios.

Ela é importante em todos os aspectos, desde a forma como entendemos e colaboramos com as pessoas que usam nossos produtos, como superamos os desafios da marca e como criamos soluções inovadoras.

A disrupção ocorre de várias formas. Assumir riscos é uma delas.

Criatividade no Marketing: Oxigênio dos Negócios

Existem três tipos de profissionais de marketing. Os que consideram os dados mais importantes que a criatividade, os que entendem a criatividade como superior aos dados e os que pensam que ambos são igualmente importantes.

Os dados são, de fato, um componente essencial para o sucesso da marca.

Dados no Marketing

Hoje, a coleta de dados para entender melhor os clientes e os negócios é algo relativamente fácil. Na verdade, tornou-se tão fácil que existe o risco de haver muitos dados para analisar.

Qualquer empresa com um site e presença nas redes sociais está sempre coletando dados sobre clientes, potenciais clientes, hábitos e comportamentos. É possível analisar o tráfego no site, dados demográficos e muito mais. Todos esses dados carregam um enorme potencial estratégico, se você aprender a analisar.

Os dados ajudam a tomar melhores decisões.

Todos esses dados que coletamos podem nos ajudar a decidir sobre:

  • Encontrar novos clientes
  • Aumentar a retenção de clientes
  • Melhorar o atendimento ao cliente
  • Otimizar os esforços de marketing
  • Acompanhar as interação nas redes sociais
  • Prever tendências em vendas

Em resumo, os dados ajudam os gestores a tomar decisões mais inteligentes sobre suas estratégias.

Os dados ajudam a resolver problemas.

Quando as vendas caem ou nossa campanha de marketing tem baixo desempenho, como identificamos o que deu errado?

O rastreamento e a revisão dos dados ajudam a descobrir falhas no desempenho, para que você possa entender melhor cada parte do processo e saber quais etapas precisam ser corrigidas e quais tiveram um bom desempenho.

Dados no Marketing

Os dados ajudam a entender o desempenho.

Simplificando, os dados ajudam entender o desempenho. É como um técnico analisando uma partida de futebol. Ele analisa as jogadas do outro time e onde estão as falhas. Faz o mesmo com o time que coordena, indicando oportunidades e alertando sobre as ameaças.

A coleta e a revisão dos dados pode mostrar como tudo isso está funcionando e muito mais. Se você não tem certeza do desempenho do seu marketing, como saberá se o seu dinheiro está sendo bem empregado?

Os dados ajudam a melhorar processos.

Os dados ajudam a entender e melhorar os processos de negócios para reduzir custos e tempo. Toda empresa sente os efeitos do desperdício. Esgota recursos, desperdiça tempo e, finalmente, afeta os resultados.

Você pode descobrir por que outros canais não estão funcionando bem e trabalhar para melhorar seu desempenho. Isso permite que você gere mais leads sem precisar aumentar os gastos com publicidade.

Os dados ajudam a entender os consumidores.

Sem dados, como você sabe quem são seus clientes? Como você sabe se os consumidores gostam de seus produtos ou se seus esforços de marketing são eficazes? Como você sabe quanto dinheiro está ganhando e gastando? Os dados são essenciais para entender seus clientes e seu mercado.

Mas isso quer dizer que os dados são mais importantes que a criatividade?

Dados são informações. Informações para criar estratégias de uma maneira mais eficaz e eficiente. Dados são uma coleção de informações processadas, analisadas e utilizadas para a vantagem de uma marca.

E a criatividade? Nos últimos anos a criatividade tem conquistado mais espaço na estratégia. E quando se trata de marketing, ela supera os dados? A criatividade pode funcionar sem dados?

Criatividade no Marketing

O Que é Criatividade no Marketing?

Simplificando, a criatividade no marketing envolve muitas ideias e planos únicos que fazem a marca se destacar. Com a criatividade no marketing, uma percepção profunda pode ser criada na mente do consumidor.

Essas ideias e planos são usadas para se comunicar, interagir e enviar uma mensagem de maneira diferenciada aos clientes-alvo.

Isso não apenas ajudará uma marca a criar uma imagem sólida na mente do cliente, mas também ajudará na vendas e conversões.

A Criatividade é a Força Vital do Marketing

Não há como negar que, no mundo do marketing de hoje, a criatividade vence. Todo mundo quer ganhar a atenção. No entanto, apenas a comunicação que criar o impacto mais profundo de forma criativa vencerá. Isso é prova suficiente de que o marketing vence com criatividade.

Além disso, com o início e a evolução do marketing digital, a criatividade se tornou um aspecto inevitável de todo plano de ação de marketing.

Com a criatividade, as conversões aumentam e, com as conversões, ocorre o reconhecimento de marca e a venda. Portanto, é vital prestar atenção à criatividade quando se trata de marketing.

A criatividade no marketing dá chance as marcas de se destacarem.

Em um mundo hiperconectado, a concorrência está aumentando intensamente. Criatividade e exclusividade ajudarão a marca a se destacar de seus concorrentes.

Além disso, com criatividade, se a marca jogar bem, pode até se tornar um fenômeno viral e ser lembrada nos próximos anos.

Uma marca que não estava indo bem aos olhos dos clientes pode virar o jogo. O rebranding pode reviver um produto antigo com falha ou lançar um novo produto com a mesma marca.

A criatividade oferece muitos planos para as marcas. Isso não apenas cria uma experiência nova, única e duradoura para os clientes, tem o poder de mudar potencialmente a mente de um cliente.

Muitas pessoas têm esse conceito errôneo de que apenas confiar em dados fornecerá o plano e a estratégia de marketing necessários. Mas não é esse o caso. Uma marca não pode confiar apenas nos dados.

Apenas confiar no marketing orientado a dados não é a resposta. Certamente, a informação é uma parte incrivelmente vital de tudo o que constitui um bom marketing, mas a criatividade se tornou o centro das atenções.

Dados ou Criatividade

Dados + Criatividade = Sucesso

Se você analisar e entender os dados, mas não tiver criatividade, tudo será inútil. Da mesma forma, se você tem toda a criatividade do mundo e não faz sua pesquisa e análise, tudo será inútil.

Você precisa se esforçar para ser analítico e criativo.

Precisa de um equilíbrio saudável entre criatividade e dados.

Toda estratégia começa com dados. Os dados indicam as oportunidades. Eles mostram a demografia correta a ser segmentada e a compreensão do que os concorrentes estão fazendo. Tudo isso é alcançado através da coleta e análise de dados.

Depois de entender que tipo de oportunidades estão disponíveis, você pode decidir quanta criatividade precisa ser posta em ação.

É uma crença comum que a coleta, análise e pesquisa de dados é um algo bastante monótono, mas os dados apresentam oportunidades incríveis para os negócios brilharem.

Sem dados, uma marca estará sem direção. Um movimento errado pode custar muito tempo e dinheiro. Como resultado, é importante começar pelos dados no processo de planejamento e estratégia de marketing. Depois de fazer isso, você deve passar para o aspecto criativo do marketing.

Agregando Criatividade no Marketing

Agregando Criatividade no Marketing

A criatividade é o combustível que impulsiona qualquer plano de marketing para o sucesso. Como é um aspecto um tanto intangível do mundo do marketing, fica um pouco complicado medi-la.

Você precisa encontrar maneiras de entender se um elemento criativo específico está colhendo os resultados desejados ou não. Pode ser um desafio, no entanto, é isso que torna a criatividade um passeio divertido e emocionante.

Porém, não se engane. A criatividade não é um dom. Todo ser humano é criativo por natureza, apenas alguns têm essa habilidade mais desenvolvida ou afiada.

Existem processos, ferramentas, técnicas e metodologias. Vou abordar tudo isso nos próximos artigos.

Conheça minha Consultoria em Branding Digital e veja como a criatividade está presente em várias etapas.

Compartilhe:

Write A Comment