Compartilhe:

Conhecer as estatísticas de marketing de conteúdo é importante porque ajuda a construir sua estratégia. Porque favorece a tomada de decisão baseadas em dados e a visualização de cenários.

A maioria das pessoas já sabe que o marketing de conteúdo é eficaz. Porém, às vezes precisa de provas para ter certeza de que sua estratégia vai funcionar. Por isso, compreender esses dados influencia no planejamento estratégico. Contudo, existe tanta informação na internet que pode ser bem demorado pesquisar tudo sozinho.

Então, eu trouxe nesse artigo as estatísticas de marketing de conteúdo mais importantes e confiáveis. Preparado? Vamos começar!

Estatísticas gerais sobre marketing de conteúdo

O objetivo do marketing de conteúdo é criar e compartilhar informação relevante para que seu público possa aprender sobre sua marca, produtos ou serviços. Estas estatísticas vão informar sua estratégia de marketing de conteúdo e fornecer indicações sobre como outros profissionais estão gerando leads.

  • 82% dos profissionais de marketing investem ativamente em marketing de conteúdo. (HubSpot)
  • Mais de 60% dos profissionais medem o sucesso da estratégia por meio das vendas. (HubSpot)
  • 70% dos profissionais de marketing estão investindo ativamente em marketing de conteúdo. (HubSpot)
  • O tráfego da Web está entre as duas principais medidas de sucesso mais comuns para estratégias de marketing de conteúdo. (HubSpot)
  • Atualmente, os profissionais de marketing criam conteúdo para vários segmentos de público, o marketing para três segmentos de público é mais comum. (HubSpot)
  • Quase 40% dizem que o marketing de conteúdo é uma parte muito importante de sua estratégia geral de marketing. (HubSpot)
  • O vídeo será o principal investimento para marcas B2B em 2022. (Content Marketing Institute, 2021)
  • 87% dos profissionais dizem que o vídeo aumentou o tráfego para seu site. (Wyzowl)
  • 80% afirmam que o vídeo aumentou diretamente as vendas. (Wyzowl)
Estatísticas de Marketing de Conteúdo

Estatísticas de marketing de conteúdo no contexto pós-crise sanitária

  • 77% dos profissionais de marketing B2B indicaram que sua estratégia de conteúdo mudou após a pandemia. 55% disseram que esse ajuste foi de moderado a extremo. (Content Marketing Institute)

O que eles mudaram em seus esforços de marketing de conteúdo?

  • 70% relataram que mudaram a estratégia de segmentação, 64% ajustaram seu calendário editorial e 53% mudaram a estratégia de distribuição de conteúdo. (Content Marketing Institute)
  • Em 2021, apenas 2% relataram diminuir o tamanho de sua equipe de marketing de conteúdo por motivos relacionados à pandemia. (B2B Content Marketing 2021 Report)
  • 43% dos profissionais de marketing dizem que o vídeo se tornou necessário por novos desafios, incluindo a pandemia. (Wyzowl)

No entanto…

  • Apenas 50% dos profissionais de marketing esperam que a pandemia afete seu marketing de vídeo em 2022. Isso está abaixo dos 63% do ano passado. (Wyzowl)
  • Mais de 90% dos profissionais de marketing B2B acreditam que a pandemia terá um impacto de longo prazo em seus esforços de marketing de conteúdo. Cerca de 65% disseram que isso seria “moderado” ou “grande”. (Content Marketing Institute)

Na verdade…

  • 52% dos profissionais de marketing de conteúdo B2B pesquisados ​​relataram que “adaptar-se às mudanças trazidas pela pandemia” contribuiu para seu sucesso nos últimos 12 meses. (Content Marketing Institute)

Estatísticas sobre formatos de conteúdo e canais

  • Mais da metade (58%) dos profissionais B2B disseram que eventos virtuais, webinars e cursos online produziram os melhores resultados nos últimos 12 meses. (Content Marketing Institute)
  • Os artigos longos se destacaram como uma área onde os mais bem-sucedidos relataram melhores resultados do que os entrevistados em geral (43% contra 32%). (Content Marketing Institute)
  • Em média, os profissionais relataram que 69% do conteúdo que criam é para o topo do funil. Apenas 43% do conteúdo é para o meio do funil, 20% para o fundo e 18% para retenção. (Semrush)
  • Artigos com sete ou menos palavras no título têm em média 36% mais tráfego orgânico do que aqueles com 14 ou mais. (Semrush)
  • Artigos com mais de sete imagens recebem 116% mais tráfego orgânico do que aqueles contendo apenas texto. (Semrush)
  • Em 2022, 86% das empresas usam o vídeo como ferramenta de marketing. (Wyzowl)
Comportamento da audiência e preferências

Mais estatísticas sobre o uso de vídeos

  • 93% dos profissionais de marketing de conteúdo acreditam que o vídeo converte o mesmo ou melhor do que outras formas de conteúdo. (Vidyard)
  • Artigos com vídeos recebem 83% mais tráfego. De fato, artigos com mais de três vídeos geraram 55% mais backlinks do que aqueles sem nenhum. (SEMrush)
  • 82% relataram que o vídeo se tornou mais importante do que nunca. (Vidyard)
  • 86% dizem que o vídeo os ajudou a gerar leads. (Wyzowl)
  • 49% dizem que o vídeo reduziu o número de chamadas de suporte recebidas. (Wyzowl)
  • Segundo 94%, o vídeo melhora a compreensão do usuário sobre seu produto ou serviço. (Wyzowl)
  • O YouTube continua sendo a plataforma de vídeo mais usada, com 88% dos profissionais planejando usá-lo em 2022. (Wyzowl)
  • O número de profissionais de marketing que usam o TikTok aumentou para 33%. (Wyzowl)
  • Cerca de 74% dos consumidores B2B estão dispostos assistir vídeos de 10 minutos ou menos, enquanto 44% não focam mais de 5 minutos. (Demand Gen Report)
  • Cerca de 35% estão dispostos a assistir de 30 a 60 minutos se for um webinar. (Demand Gen Report)

Comportamento da audiência e preferências

  • 55% dos entrevistados confiam ainda mais no conteúdo para pesquisar e informar as decisões de compra do que em 2021. (Demand Gen Report)
  • A maioria dos compradores B2B (62%) disse que se envolve com 3-7 conteúdos antes de falar com um vendedor, e 11% normalmente consomem mais de sete conteúdos. (Demand Gen Report)
  • Quando perguntados sobre como eles gostariam de saber mais sobre um produto ou serviço, 73% dos entrevistados disseram que preferem assistir a um vídeo curto do que ler um artigo de blog, ver um infográfico ou assistir a um webinar. (Wyzowl)
  • As pessoas são duas vezes mais propensas a compartilhar conteúdo em vídeo com seus amigos do que qualquer outro tipo de conteúdo, incluindo posts de redes sociais, artigos de blogs e páginas de produtos. (Wyzowl)
  • 39% dos compradores B2B relataram que os fornecedores B2B poderiam melhorar seu conteúdo restringindo as mensagens de vendas. (Demand Gen Report)
  • 37% dos compradores B2B relataram que os fornecedores B2B poderiam melhorar sua eficácia criando conteúdo mais curto. (Demand Gen Report)

Por outro lado…

  • Artigos com mais de 3.000 palavras obtêm 138% mais tráfego do que aqueles com menos de 500. (Semrush)
  • 78% dos artigos com menos de 500 palavras não foram compartilhados. (Semrush)
  • 52% dos compradores B2B relatam que gostariam de ver o conteúdo organizado por tópico de acordo com o problema ou ponto de dor, 51% por tópicos, 46% por setor ou vertical e 42% por atividade profissional. (Demand Gen Report)
  • Nos estágios iniciais da jornada do comprador, 81% dos compradores B2B relatam gostar de listas, 72% de infográficos, 66% de blogs e 62% de vídeos. (Demand Gen Report)
  • No estágio intermediário de sua jornada de compra, 50% querem ver avaliações, 49% pesquisas e relatórios e 46% estudos de caso. (Demand Gen Report)
  • Estudos de caso (35%), relatórios de terceiros (31%) e avaliações (18%) são preferidos nos estágios finais. (Demand Gen Report)
Estatísticas sobre estratégias de marketing de conteúdo

Estatísticas sobre estratégias de marketing de conteúdo

  • É interessante notar que apenas 40% das organizações B2B relataram ter uma estratégia de marketing de conteúdo documentada. Por outro lado, 62% dos que são bem-sucedidos relatam ter uma estratégia documentada. (Content Marketing Institute)
  • Cerca de 66% esperam aumentar seu orçamento de marketing de conteúdo em 2022. (Content Marketing Institute)
  • Cerca de 50% disseram que terceirizam as atividades de marketing de conteúdo e 65% disseram que seu maior desafio é encontrar parceiros com experiência adequada. (Content Marketing Institute)
  • 59% relataram ter de 1 a 5 funcionários dedicados ao marketing de conteúdo. (Content Marketing Institute)
  • As cinco principais áreas de investimento em 2022 são vídeo (69%), eventos (digital, presencial e híbrido) (61%), ativos de mídia própria (57%), mídia paga (55%), gestão de redes sociais (39%). (Content Marketing Institute)
  • Os cinco objetivos de marketing de conteúdo mais comuns em 2021 foram reconhecimento da marca (80%), credibilidade e confiança (75%), educar o público (70%), fidelizar clientes (60%) e gerar leads (60%). (Content Marketing Institute)
  • Nos últimos 12 meses, a maioria dos profissionais de marketing B2B relatou que o marketing de conteúdo foi mais eficaz na criação de reconhecimento da marca (80%), credibilidade e confiança (75%) e educação do público (70%). (Content Marketing Institute)
  • Os cinco desafios mais comuns em 2021 foram criar conteúdo que atraia diferentes perfis de público (44%), acessar especialistas no assunto para criar conteúdo (42%), comunicação interna entre equipes (38 %), criação de conteúdo valioso em vez de mensagens orientadas para vendas (36%) e diferenciação de produtos e serviços dos concorrentes (35%). (Content Marketing Institute)

Como você pode adaptar esses insights a sua estratégia?

O marketing de conteúdo é mais importante do que nunca. Na era do distanciamento social, ficou ainda mais claro o abismo entre as marcas que investem nessa estratégia e aquelas que ainda estão postergando seu sucesso. O conteúdo é uma das maneiras mais eficazes de se conectar e ficar mais perto do seu público.

Siga essas estatísticas como um guia para informar e orientar seus próximos passos no marketing de conteúdo. Com base nesses números, lembre-se:

As mudanças são de longo prazo. Então, pense grande, mas comece pequeno.

Invista em vídeo. Assim como artigos em blogs continuam trazendo excelente resultados, o marketing de conteúdo em vídeo está se tornando uma necessidade. Porque ajudá-lo a aumentar o engajamento e as vendas. Faça testes e diversifique os formatos de conteúdo na sua estratégia.

Como a cada dia temos mais criadores de conteúdo, os compradores estão mais atentos a necessidade de credibilidade e confiança. O uso de conteúdo vai te ajudar a mostrar porque você é confiável. Dessa maneira, vai construir os relacionamentos mais profundos que os clientes buscam.


Fontes:
12th Annual Content Marketing Report – Content Marketing Institute
The State of Video 2022 Report – Vidyard
The Ultimate List of Marketing Statistics for 2022 – Hubspot
Video Marketing Statistics 2022 – Wyzowl
2020 Content Preferences Study – Demand Gen Report
2022 Content Preferences Survey – Demand Gen Report
The State of Content Marketing 2022 Report – Semrush

Compartilhe:

Write A Comment