Compartilhe:

Sua linha editorial é a força que impulsiona todos seus esforços no Marketing de Conteúdo. Serve para definir e lapidar todo o conteúdo que você produz. É a linha editorial que mantém seu conteúdo consistente ao longo do tempo. Também ajuda sua audiência a entender do que se trata o seu blog ou suas redes sociais.

É definitivamente a melhor maneira de gerenciar a comunicação entre sua marca e seus clientes. Você pode alcançar um ótimo nível de comunicação diversificando suas postagens, mas mantendo a essência. Um guia de estilo editorial é o conjunto de regras que garantem a consistência da comunicação de marca.

Em outras palavras, diz o que esperar da sua marca. Se você quer conquistar um público fiel, é crucial ter uma linha editorial e manter-se fiel a ela. Contudo, como fazer isso? Vamos ver!

Linha Editorial: Como Criar em 4 Passos Simples

O Que é uma Linha Editorial?

Sua linha editorial determina como se comunicar em vários canais. Define o tom utilizado, a audiência desejada, bem como dita a escolha dos temas e assuntos. Por isso, deve refletir seu negócio e área de atuação. Além disso, espelha a personalidade da sua marca, reforça o poder do seu discurso e afirma sua credibilidade.

Em resumo, são regras estabelecidas para garantir a harmonia em seu conteúdo, mesmo a longo prazo. É muito mais do que simples regras de controle e gerenciamento de conteúdo. Portanto, merece atenção antes de iniciar qualquer produção.

Por que é Importante?

Estabelecer uma estratégia de conteúdo é um dos esforços indispensáveis hoje para ganhar visibilidade e atrair novos clientes. No entanto, como tudo que é importante, sua estratégia precisa estar bem estruturada e organizada e, sobretudo, estar bem planejada antes de começar.

Ter um calendário editorial é essencial quando você deseja implementar uma estratégia eficaz de Marketing de Conteúdo. Ele permite que você crie conteúdo regularmente. No entanto, ele é o controle do seu cronograma.

Seu calendário não é sua linha editorial.

Ou seja, para que seja realmente eficaz, é essencial definir os assuntos sobre os quais você se comunicará e como fará isso. Temos aqui a definição de linha editorial.

Como você certamente já percebeu, sua estratégia editorial é o coração do seu conteúdo e se ajusta à sua estratégia de branding. Uma estratégia editorial eficaz será um grande diferencial e fortalecerá a imagem da sua marca. Ou seja, você se destaca na multidão.

Tom e Voz da Marca

Embora tom e voz sejam conceitos frequentemente usados como sinônimos, eles não são a mesma coisa. A voz é a personalidade geral da sua marca e pode ser descrita em adjetivos como útil, espirituosa ou amigável.

Mesmo que você escreva para diferentes canais, vários tipos de conteúdo e variando os formatos, a voz da sua marca não mudará. No entanto, o tom, ou tom de voz, é a atitude da sua comunicação para um determinado conteúdo.

Situações diferentes exigem tons de voz diferentes. Por exemplo, você pode querer usar um tom mais entusiasmado ou brincalhão em um email que dá as boas-vindas a um cliente, enquanto uma resposta para um erro ou problema pede um tom de humildade e utilidade.

Como Criar a sua Linha Editorial?

Uma linha editorial é, portanto, essencial para manter a coerência entre os diferentes conteúdos que sua marca produz, assim ela será mais rapidamente identificada pela audiência. Aqui estão 4 perguntas que você deve ser capaz de responder antes de definir sua linha editorial.

Como Criar a sua Linha Editorial

1. Quais assuntos abordar?

Escolha os assuntos que deseja abordar. E se você tiver muitos, ou se eles não se relacionarem, ligue os pontos. Encontre áreas onde seus conteúdos se complementam. Você tem vários tópicos relacionados em mente? Então priorize. Você nem sempre poderá falar sobre tudo que deseja. Sua linha editorial predefinida o ajudará a tomar decisões de conteúdo rapidamente.

Antes de embarcar na aventura, é essencial saber qual seu objetivo ao criar conteúdo. Aumentar sua visibilidade, atrair novos clientes, compartilhar sua experiência, gerar leads, aumentar as vendas, todos esses são objetivos. A resposta, obviamente, será específica para o momento da sua marca. No entanto, é fundamental ter esses elementos em mente para que seu conteúdo funcione.

2. Qual a essência da sua marca?

O que há em seu conteúdo que o destaca de todos os outros que já cobrem os tópicos que você escolheu? Pode ser sua voz, seu estilo de escrita, a forma como seus artigos são estruturados ou até mesmo sua experiência. Pense no que fará do seu conteúdo diferente dos outros que já existem. Então, descubra o que é e mostre ao mundo.

3. Quem é sua audiência?

Você deve decidir quem deseja alcançar. Quem você ajuda com seu conteúdo? Esta é a pergunta. Manter isto em mente guiará sua escolha de conteúdo, bem como seu estilo de comunicação. Não falamos com especialistas da mesma forma que falamos com iniciantes, por exemplo. Em resumo, você não usaria o mesmo tipo de humor para faixas etárias diferentes.

4. Como você quer que as pessoas se sintam?

Qual é a mensagem que você está tentando passar? Depois de definir a personalidade da sua marca, é hora de cultivá-la por meio de seu conteúdo.

Não esqueça que a personalidade tem a ver com as emoções associadas a sua marca. Isto porque é muito mais sobre como promover um relacionamento com seus clientes do que eles apenas serem capazes de identificar seu logo.

Sendo assim, seus clientes começarão a sentir que têm uma relação pessoal com sua marca, em vez de apenas reconhecer e gostar do seu negócio. Dá aos seus clientes alguém para conversar. E isso fará deles defensores de sua marca.

Conclusão

Em síntese, depois de responder estas perguntas, pense nos adjetivos que definem sua linha editorial.

  • Elabore um documento que esteja disponível para todos que possam precisar dele.
  • Diferentes empresas e diferentes canais exigem diferentes diretrizes editoriais.
  • Decida algumas palavras-chave e adjetivos para sua comunicação. Eles devem estar relacionados aos valores e ao plano estratégico da sua empresa.
  • Voz e tom. Como sua empresa soa quando fala? Ela fala de maneira diferente dependendo do canal?
  • Dicas e exemplos sobre formatação e estilo. Frases curtas ou longas? Você quer usar jargões e palavras técnicas e complicadas ou quer ser mais acessível e fácil de ler?
  • Processo. Defina um esboço para o fluxo de trabalho. Quem fará o quê e como é o processo? Você trabalha com alguma ferramenta ou software especial?
  • Exemplos. Escolha algumas de suas melhores postagens para mostrar. Isso vai tornar mais fácil para os escritores entenderem como é o conteúdo ideal.

Já documentou as diretrizes editoriais para o seu conteúdo? Se você produz conteúdo, precisa ter uma linha editorial claramente definida. Ela está intimamente ligada à sua marca e sua audiência. Por isso, existem muitas linhas editoriais. Então, fique atento aos passos que eu descrevi nesse artigo, não importa qual seja seu negócio ou segmento.

Você já definiu sua linha editorial? Está precisando de ajuda? Envie suas dúvidas, eu vou adorar te ajudar. Aproveite para saber mais sobre minha consultoria de Marketing de Conteúdo.

http://t.me/brandingdigital
Compartilhe:

Write A Comment