Compartilhe:

Com a chegada de um novo ano, você pode estar se perguntando quais as tendências para o marketing de conteúdo em 2020. O marketing de conteúdo está em constante evolução e é impactado por vários fatores. Veja nesse artigo quais as tendências, dicas e ideias.

Sem dúvida, o conteúdo produzido pelas marcas está melhorando porque estamos ficando mais inteligentes sobre como o criamos como estratégia, pesquisamos, produzimos e distribuímos.

O marketing de conteúdo como um todo não é mais um tipo de experimento em marketing, é uma estratégia comprovada que pode fazer maravilhas para qualquer marca.

Marketing de Conteúdo em 2020: Confira as Tendências

Marketing de Conteúdo Focado em Resultados

Sua estratégia de conteúdo foca nas necessidades do seu público?

Enquanto o marketing de conteúdo se concentra fortemente na entrega de tópicos úteis para os compradores, a demanda por conteúdo direcionado a resultados será uma grande tendência para 2020. Pense no seu conteúdo como uma maneira de mostrar aos compradores os resultados que eles esperam.

Ao perceber aos resultados esperados, os compradores acham o conteúdo mais atraente e, portanto, a sua solução (serviços ou produtos) também. Quando o conteúdo se correlaciona com a forma como o cliente em potencial pode se beneficiar é mais provável que ele se identifique.

O marketing de conteúdo em 2020 deve responder perguntas específicas.

O marketing de conteúdo inclui artigos educacionais, ebooks, vídeos, infográficos e webinars que respondem a perguntas específicas das pessoas.

Marketing de Conteúdo Focado em Resultados

O objetivo principal de um profissional de marketing é prever e influenciar o comportamento do cliente. Isso significa que você precisa saber o que motiva seus visitantes no presente e no futuro.

O mapeamento da jornada do cliente fornece uma visão das expectativas da marca em cada etapa da jornada, o que, por sua vez, ajuda a criar experiências para os clientes que os motivam a continuar.

Então, a criação de mapas de jornada do cliente permite que você entenda os canais e pontos de contato que seus clientes costumam adotar para chegar ao seu produto, quais são as expectativas que eles têm para o seu produto e quais podem ser suas possíveis frustrações.

Intenção de Busca (Search Intent)

Hoje, a maioria das decisões de compra começa com um mecanismo de busca, e a maneira como as pessoas pesquisam está mudando.

Quando você digita “Adidas” no Google, sua intenção pode ser encontrar a loja de roupas esportivas mais próxima ou ver quais os modelos de tênis. Entender essas nuances é extremamente importante na hora de planejar e produzir seu conteúdo.

Com o surgimento de assistentes digitais, a pesquisa por voz se tornou tão importante quanto a pesquisa por texto. Mas, para entender melhor as pesquisas e criar um conteúdo alinhado com elas, você precisa entender sobre a intenção.

A intenção da busca é a motivação por trás da pesquisa que alguém faz.

Em outras palavras, é o “porquê” por trás do que as pessoas digitam em um mecanismo de busca.

A intenção da busca é a motivação por trás da pesquisa que alguém faz.

Otimizar seu site para palavras-chave específicas e criar conteúdo relevante não é suficiente por si só, você precisa oferecer um contexto adicional.

Em outras palavras, se você pode entender a razão de alguém estar procurando por algo específico, tem uma chance muito maior de atrair as pessoas certas para um artigo de blog ou post de rede social.

Conversa e Autenticidade

Se você ainda não sabia disso, os compradores esperam e desejam autenticidade das marcas com as quais se envolvem.

Essa tendência causou uma mudança na voz e no tom da marca, que inclui conversar por meio do seu conteúdo. Mesmo que seu público seja altamente formal, isso não significa que você precise usar palavras ou sintaxe que pareçam pretensiosas.

Ser aberto ao diálogo permite aumentar o engajamento, a conexão.

Você pode coletar informações para ajudar a executar essa tendência. Em primeiro lugar, veja o formato e a estrutura do conteúdo que teve um bom desempenho. O que cada peça tem em comum em termos de voz e tom?

Personalização

A personalização continuará sendo uma grande tendência em 2020. O comprador moderno espera que as marcas forneçam experiências altamente personalizadas em todos os pontos de contato.

Quanto mais você segmentar seus compradores e aprender sobre suas necessidades específicas, mais conteúdo personalizado poderá entregar.

Para executar isso em alto estilo, você precisará fornecer conteúdo dinâmico. Com ferramentas de conteúdo dinâmico, você pode automatizar a entrega e a curadoria de conteúdo relevante para cada persona.

O objetivo de fornecer conteúdo dinâmico não é apenas fornecer conteúdo interessante, mas é entregar o conteúdo certo para levá-los mais longe no funil de vendas.

O marketing de conteúdo sofreu muitas mudanças na última década.

Um relatório da BusinessWire revelou que 79% dos consumidores consideram o UGC altamente impactante em sua decisão de compra. Além disso, os varejistas de quase todos os setores relataram que suas taxas de conversão melhoraram quando o UGC estava visível em seus sites.

Incluir o conteúdo gerado pelo usuário (User Generated Content – UGC) para aumentar o sentimento de autenticidade por meio do uso das experiências genuínas dos compradores anteriores para convencer os outros a comprar. Por isso, é algo muito além de incluir a avaliação de cinco estrelas em uma página de produto.

Alguns exemplos são:

  • Vídeos de depoimento
  • Publicações de convidados no seu blog
  • Estudos de caso
  • Produzir conteúdo baseado na interação. Por exemplo, “os artigos mais lidos do mês”
  • Fazer perguntas ao seu público e produzir conteúdo com as respostas
  • Incentivar as pessoas para a criação de conteúdo usando uma hashtag
O marketing de conteúdo sofreu muitas mudanças na última década.

Interatividade e Gamificação

A atenção da maioria dos consumidores está diminuindo graças à sobrecarga de informações e a uma cultura digital em ritmo acelerado.

Em síntese, conteúdo interativo é simplesmente um conteúdo que requer o envolvimento ativo da audiência.

Algumas das ações podem ser passar várias imagens em um post de carrossel no Instagram, responder um quiz, clicar em uma parte do infográfico para mais informações.

Diferente do conteúdo convencional em que as pessoas apenas lêem um artigo, assistem a um vídeo ou ouvem um podcast. O conteúdo interativo vai além para obter feedback e resultados hiper-relevantes para os usuários.

Os profissionais de marketing têm a chance de envolver ativamente sua audiência com experiências que não apenas capturam insights, mas também fornecem informações úteis e segmentam o público.

Para atender à crescente demanda dos consumidores de conteúdo, mais e mais empresas estão incorporando interatividade para maximizar o envolvimento do usuário e aumentar as taxas de conversão.

Conclusão

Em resumo, eu destaco para 2020 o aumento na necessidade de personalização, autenticidade e interatividade no conteúdo.

Claro que existem muitas outras tendências que continuarão a crescer como a realidade aumentada, inteligência artificial e machine learning.

Adaptar-se às novas tendências é a única chance de permanecer a frente no jogo. Diante disso, espero que essas dicas ajudem você a tomar as melhores decisões de marketing em 2020.

Eu gostaria de ouvir o que você tem a dizer. Qual estratégia você tentará primeiro? Você planeja criar mais conteúdo em vídeo? Ou está buscando parcerias de conteúdo?

Escreva nos comentários ou envie suas dúvidas. Para ir além, conte comigo na Consultoria em Marketing de Conteúdo, clique aqui e saiba mais.

Compartilhe:

Write A Comment