Compartilhe:

Nesse artigo, vou compartilhar um guia para a construção de marcas pessoais. É um processo simples de personal branding para empreendedores. Você vai entender a maneira como pode desenvolver e estabelecer sua marca pessoal.

Você é o Produto

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que você é o produto. Não importa se você é um empreendedor, um freelancer ou um consultor. Você é o produto.

O produto não é o conteúdo que você produz ou os serviços que você fornece. Quando falamos de marca pessoal, estamos falando de você!

Personal Branding é o processo de construir uma reputação positiva. Muito além de as pessoas te verem como um líder de pensamento na sua área de atuação, você quer que as pessoas saibam quem você realmente é.

Isso porque as pessoas compram de quem elas conhecem, gostam e confiam. Fingir que você é algo não vai te ajudar. Por isso que o autoconhecimento é uma etapa tão importante no Branding Pessoal.

Popularidade e Credibilidade

Outro ponto importante para entender sobre a marca pessoal é que estamos falando sobre relacionamentos reais. Não é a quantidade de seguidores ou a fama que importa.

Pensando nas redes sociais, é totalmente normal que as pessoas fiquem seduzidas pelo número de seguidores, curtidas e comentários. A tendência natural das pessoas é entender que se estamos sendo vistos, se estamos aparecendo, somos especiais, somos importantes e estamos no caminho certo.

Porém, observar a diferença entre popularidade e credibilidade é a chave aqui. Estar sob holofotes não significa ter sucesso no trabalho com a marca pessoal.

Um exemplo bem fácil de ser entendido é o caso do ator Theo Becker. Durante sua participação em um reality show ele considerou que seria uma boa ideia criar um personagem agressivo e louco. Mesmo após 10 anos, ele ainda é conhecido pelo programa, mas não consegue papéis na TV. Hoje tem um canal no YouTube e busca falar diretamente com o público para explicar todo o ocorrido e mostrar sua verdadeira marca pessoal.

Resumindo, estamos falando sobre as pessoas que consomem seu conteúdo, gostam e voltam para consumir mais porque elas sentem que seu conteúdo gera valor para elas.

Agora que esses dois fatores de sucesso foram explicados, vamos aos 4 passos para a construção da sua marca pessoal.

Personal Branding para Empreendedores

O que te faz único é justamente o seu maior poder quando falamos em marca pessoal. Em resumo, o personal branding para empreendedores é autoconhecimento e análise.

O Que

Quando falamos sobre o “o que” aí sim estamos abordando os serviços que você oferece e o conteúdo que você produz.

Muitas pessoas oferecem o mesmo serviço ou produto que você oferece. Falam sobre os mesmos tópicos que você.

Essas são suas habilidades e competências.

Porém, existem muitos fatores que te tornam único e são justamente esses fatores que vão atrair o público certo para você.

Como

O seu “como” é exatamente o que te torna único. São seus valores, modo de trabalhar e visão de mundo, sua personalidade. Tudo que te faz ser quem você é.

Você sempre vai abordar os assuntos de uma maneira diferente, sempre vai se comunicar de um jeito único.

Não se trata de inventar uma personalidade. É simplesmente a transformação na sua percepção de si mesmo.

Porquê

Finalmente quando pensamos sobre o “porquê” é que chegamos ao nosso propósito. A razão especial que nos move todas as manhãs.

Por que você faz o que você faz?

Essa é a importância de entender o seu propósito ou o seu porquê.

Quem

Com que você está buscando a construção de um relacionamento? Seu objetivo deve ser a construção de relacionamentos verdadeiros. Focar na qualidade e não na quantidade.

Pense nas características dessas pessoas. São empreendedores? Estudantes?

Claro que esse foco pode mudar conforme a evolução da sua atuação no mercado e também dependendo dos serviços que você oferece.

Tenha em mente quem é a pessoa com quem você quer se conectar.

Canais

Onde você quer se comunicar? Podemos nos comunicar por meio de textos, áudios e vídeos.

Claro que a melhor maneira de se conectar é por meio de vídeos. A razão é simples, as pessoas podem ouvir como você fala e ver como você se comporta.

É lógico que você vai escolher o formato que você se sente mais confortável e pode buscar com o tempo o desenvolvimento de outras habilidades para ampliar a sua atuação.

Sendo assim, você vai decidir a maneira como deseja se comunicar será nas redes sociais, um canal no YouTube, um blog ou um podcast.

Conteúdo

A relação entre o Branding e o Marketing de Conteúdo é muito próxima. Porque é justamente o nosso conteúdo que nos leva a construção da credibilidade.

Seu conteúdo deve sempre comunicar quem você é, o que você faz, quais assuntos você domina e o mais importante: como você pode ajudar as pessoas.

Não tente imitar outros comportamentos. Seja você mesmo.

É extremamente comum encontrar pessoas intimidadas na hora de criar seu próprio conteúdo por sentir que não são tão divertidas, engraçadas ou animadas como alguém que elas assistiram.

Não se importe com isso. Crie seu conteúdo seja em vídeo, textos ou áudio naturalmente. Como você falaria pessoalmente com alguém que estivesse tentando ajudar.

🔗 Conceitos Básicos do Branding

Conclusão

Nunca houve um melhor momento para se comunicar. Graças à internet e à tecnologia, as barreiras à entrada no empreendedorismo são praticamente inexistentes. Qualquer pessoa pode criar uma marca, um público online e criar produtos e serviços para vender a essa audiência.

Como freelancer ou empreendedor, você tem concorrentes. Como uma marca pessoal não. Quando você constrói uma marca pessoal, não há concorrência real. Claro, pode haver outras pessoas e empresas que vendem produtos e serviços similares a você, mas eles não são você. Na verdade, não há outra pessoa no mundo que seja exatamente como você. Como indivíduo, você é 100% único.

Esse é o processo de personal branding para empreendedores.

É por isso que construir uma marca pessoal é tão poderoso. Quando você constrói uma marca pessoal, você imediatamente se diferencia de seus concorrentes porque VOCÊ é diferente de seus concorrentes.

Você está pronto para expressar sua personalidade? O que você acha? Como empreendedor, você tem credibilidade? Quais desafios você enfrenta?

Como Definir a Identidade da Marca: Um guia para profissionais e marcas se comunicarem com clareza e consistência
Compartilhe:

Write A Comment