Compartilhe:

A psicologia das cores é o estudo que visa explicar a influência destes elementos visuais em nossas emoções, sentimentos e atitudes. É uma das coisas mais importantes no marketing que você deve aprender. Porém, quando falamos em psicologia das cores nos negócios, estamos pensando além do logo, pois inclui até mesmo o que escolhemos para nossas roupas.

Porque este conhecimento auxilia a marca com mensagens mais atraentes e apropriadas ao seu público. Além disso, a escolha das cores também revela sua personalidade.

Sobretudo, todas as cores despertam emoções. Isso ocorre porque cada pigmento tem sua própria energia emitida e personalidade que pode dar às pessoas uma sensação específica.

Você deve ter ouvido que o vermelho representa raiva, coragem ou paixão. Por outro lado, o amarelo simboliza alegria e diversão. Essas ideias se espalharam na sociedade e, é claro, elas não vêm de uma decisão aleatória. Na verdade, são aspectos psicológicos e fisiólogos.

Psicologia das Cores nos Negócios

Psicologia das Cores nos Negócios

Nos negócios, é muito importante entender a psicologia das cores porque este estudo pode afetar suas estratégias de marketing e vendas.

Escolhemos cores para pintar lojas físicas, criar logos, posts para redes sociais e até mesmo nossas roupas. Usamos diferentes meios e ferramentas para fazer isso acontecer.

Será que você tem consciência das cores que você escolhe aplicar em seus negócios?

Quando se trata da marca, você não deve escolher as cores simplesmente porque você gosta delas. Você também precisa levar em consideração as vantagens que cada cor pode somar. Principalmente, o tipo de emoção que você deseja que seu público sinta. Lembre-se de que você pode conduzir até mesmo as decisões de compra com a ajuda das cores.

Psicologia das Cores: Como Elas Influenciam as Marcas

A grande vantagem é que você pode usar apenas uma ou mais cores, dependendo do seu objetivo. Observe que cores diferentes podem evocar emoções variadas. Elas atuam em conjunto também. Então, não apenas a cor sozinha traz com ela significados, mas as emoções podem variar quando acrescentamos mais cores a paleta.

A Influência das Cores em Ambientes

A cor pode afetar nossa sensação de temperatura, do tamanho de uma sala e a aparência dos alimentos. Por isso você deve escolher os tons com cuidado, pois algumas cores têm resultados surpreendentes.

Por exemplo, a cor amarela pode fazer exatamente o oposto do que você imagina. Uma cor tão alegre, se aplicada em demasia nas paredes, produz funcionários mal-humorados e tensos.

Quer criar uma atmosfera calma? Aposte no rosa! A cor rosa é calmante, e isto já foi comprovado com experiências feitas em prisões. Algumas equipes esportivas pintam os vestiários do time visitante de rosa para um efeito tranquilizante como vantagem competitiva.

Todos esses exemplos fascinantes nos trazem de volta a questão crucial. Já pensou o que a simples escolha de cor para a sua gravata realmente diz? A cor é importante, pois obtém uma resposta emocional das pessoas e pode afetar de maneira absoluta não apenas a sua aparência, mas também toda a sua personalidade.

A Psicologia das Cores no Marketing

Psicologia das Cores no Branding Pessoal

Psicologia das Cores no Branding Pessoal

Em artigos anteriores eu abordei vários pontos de vista sobre a psicologia das cores no marketing. Neste artigo, eu quero focar em questões de marca pessoal. A psicologia das cores nas roupas é um tópico muito interessante. Isto porque as escolhas que você faz em ambientes de negócios têm um grande impacto em suas interações com clientes.

Hoje em dia até mesmo a moda masculina pode variar em suas cores para deixar uma mensagem de maneira intencional. As cores de suas roupas não apenas realçam sua personalidade, mas também podem influenciar o comportamento e transmitir mensagens sobre você aos outros.

Uma razão pela qual é tão importante entender pelo menos o básico sobre psicologia das cores é que sua aparência falará muito sobre você antes mesmo de você abrir a boca. Escolha os tons errados e o que seu visual diz sobre você pode não ser o que você tinha em mente. As cores não apenas melhoram nossa aparência, também podem influenciar tanto o nosso próprio comportamento quanto o de outras pessoas.

Portanto, é vantajoso considerar as respostas à cor, tanto fisiológicas quanto psicológicas.

Psicologia das Cores nas Roupas

Em primeiro lugar, diferentes cores nas roupas exalam diferentes sentimentos e significados. Até mesmo podem afetar ou refletir seu humor. Isso significa que as cores das roupas são importantes não apenas para comunicar sua personalidade. Elas também influenciam sua saúde emocional. Descubra o significado das cores nas roupas para ter certeza de que está enviando a mensagem certa.

Psicologia das Cores nas Roupas

Psicologia das Cores nos Negócios: Vermelho

Se você quer ser notado escolha o vermelho. “O vermelho tem conotações de sexualidade, vivacidade e de alguém que está no comando”, explica o estilista David Zyla. Além disso, vários estudos sobre a cor vermelha mostraram que ela tem efeitos poderosos sobre nosso comportamento. Pode afetar nossa atenção e fazer com que as pessoas pareçam mais atraentes.

Psicologia das Cores nos Negócios: Azul

Tem uma sessão de brainstorming em sua agenda? Escolha uma roupa azul. Porque o azul comunica tranquilidade e relaxamento, além de credibilidade. A sensação de tranquilidade e confiança também leva a um clima mais criativo. O azul é associado a sinceridade, então as pessoas se sentem mais seguras explorando novas ideias.

Psicologia das Cores nos Negócios: Preto

O preto tende a ser a cor de roupa padrão para a maioria das pessoas. O que é compreensível pois é fácil de combinar com quase tudo. Porém, o preto também pode ter conotações negativas. Um estudo feito na Universidade da Flórida descobriu que jogadores de hockey vestindo camisetas pretas eram mais propensos a serem penalizados por faltas agressivas do que aqueles vestindo camisetas brancas, possivelmente porque o preto está associado a um ambiente agressivo.

Psicologia das Cores nos Negócios: Verde

Se você deseja transmitir confiança e saúde emocional, escolha roupas verdes. Pois o verde além de significar natureza e ecologia, também é a cor do dinheiro e da riqueza. Um estudo recente publicado no Personality and Social Psychology Bulletin descobriu que o verde também pode estimular uma atmosfera criativa. Quando os pesquisadores expuseram os participantes à cor verde brevemente antes de se engajarem em uma tarefa criativa, seu desempenho foi melhor.

Eu abordo mais cores no meu livro A Psicologia das Cores no Marketing.

A Psicologia das Cores no Marketing: Entenda o impacto das cores em nossas emoções e saiba como aplicar esses conhecimentos aos negócios

Lembre-se de que as cores mais brilhantes e mais claras para suas roupas mostram uma personalidade mais amigável e acessível. Por outro lado, as cores mais escuras e neutras são mais controladoras e formais.

Em uma situação de grupo, você pode querer projetar mais autoridade do que faria em uma reunião individual. Portanto, cores mais escuras são uma ótima escolha. As cores mais claras são menos ameaçadoras, mas não têm tanta força. Em uma reunião em que você deseja ser notado, vista vermelho, mas evite se não quiser mostrar agressividade.

Em resumo, o mais importante é saber que não existem cores boas ou ruins. Apenas algumas cores são mais apropriadas do que outras em algumas situações. Por isso, todas as cores têm um lado positivo e um negativo. Esteja ciente disso. A cor é uma ferramenta muito poderosa. Conheça meu livro para obter mais informações sobre os significados psicológicos das cores nos negócios.

Compartilhe:

Write A Comment