Compartilhe:

A chegada do novo ano é um momento natural para reflexão e planejamento, as famosas resoluções de ano novo. Muitos de nós pensamos nas resoluções de ano novo, que eu prefiro reformular como intenções, mas elas muitas vezes são descartadas depois de alguns dias, esquecidas ou abandonadas.

Um novo ano é o momento perfeito para virar uma nova página, e é provavelmente por isso que tantas pessoas pensam nas resoluções de ano novo.

Transforme suas Resoluções de Ano Novo em Realidade

De fato, costuma parecer um novo começo, uma grande oportunidade para eliminar maus hábitos e estabelecer novas rotinas que ajudarão você a crescer psicologicamente, emocionalmente, socialmente, fisicamente ou intelectualmente.

É claro que as resoluções são muito mais fáceis de tomar do que manter e, no final de janeiro, muitos de nós abandonamos nossa determinação e voltamos aos nossos velhos padrões.

Resoluções de Ano Novo

Estudos indicam que a maioria das pessoas tem o hábito de fazer resoluções de ano novo. No entanto, menos de 10% consegue mantê-las por mais de alguns meses. Cerca de 80% das pessoas não cumprem as resoluções de ano novo por mais de seis semanas.

Em 2017 eu descobri um método que tem me ajudado muito! Muito melhor do que as famosas resoluções. É isso que vou contar nesse artigo.

Resoluções de Ano Novo

O que é a palavra do ano?

Basicamente é a escolha de apenas uma palavra que define a intenção para o ano inteiro, isso ajuda a evitar o fracasso por não manter suas resoluções.

Ter uma palavra definida para o ano cria mais oportunidades para você ser bem-sucedido, porque você escolhe como implementar essa palavra em sua vida cotidiana. Uma única palavra que pode te impulsionar em melhorias e realizações em todas as áreas da vida.

É uma palavra positiva, motivacional ou de ação. Você pode escolher qualquer palavra que seja mais adequada. Dessa forma, sua palavra dependerá de seus objetivos atuais.

Escolher uma palavra é algo individual. O que funciona para você não vai funcionar para outra pessoa. É um processo de autodescoberta.

Por que escolher apenas uma palavra do ano?

Uma resolução aborda a intenção de FAZER algo na sua vida. Por exemplo: Se eu fizer isso (exercício), terei isso (um corpo saudável) e serei (confiante).

Escolher uma palavra é como um trabalho mais profundo. Você não está mexendo com o nível FAZER ou TER. Está focado em SER. Começa pensando onde você quer estar. Portanto, se você quer ter confiança, por exemplo, sua palavra do ano poderia ser OUSADIA.

Depois de escolher sua palavra, o mundo inteiro começa a mudar. Calma, não é do dia para a noite. Mas sua palavra deve estar com você o tempo todo. Deve aparecer em tudo que você pensa ou faz.

Sempre que você entrar no automático de evitar determinada situação, vai pensar: “Como uma pessoa que tem OUSADIA deve se comportar?”. “Será que essa escolha está alinhada a minha meta de OUSADIA para esse ano?”

Uma palavra não é uma lista de tarefas. Não diz “você tem que ir lutar boxe todo dia para atingir seu objetivo”.

A palavra do ano permite que você siga seu próprio ritmo. Escolher uma palavra se torna um tópico muito mais amplo e, portanto, envolve toda a sua vida e não apenas se você quer emagrecer ou economizar dinheiro. Você começa a mudar pequenas coisas, mas em mais de uma área da sua vida.

É uma maneira mais consciente e holística de alcançar os objetivos.

Escolhendo sua palavra

Escolhendo sua palavra

A melhor ordem para criar mudanças positivas em sua vida é a o modelo SER – FAZER – TER.

Isso significa que se você deseja transformar sua vida, você deve começar no nível SER. Quando você começa a mudar pelo nível SER da sua vida, então o nível FAZER e o nível TER seguem mais naturalmente.

Quando você inicia apenas no nível FAZER, todos os blocos no nível SER logo se tornam os obstáculos que você não consegue superar.

Sua palavra do ano te lembra não somente o que você quer fazer, mas principalmente o que você quer ser. Não quer dizer que você não terá ação. Significa apenas que suas ações estão todas motivadas pelo que você deseja ser.

Na verdade, você provavelmente vai realizar mais do que nunca. Isso ocorre porque a escolha de uma palavra está influenciando sua intenção. A nossa intenção é algo muito poderoso.

As resoluções são boas, mas geralmente vêm de nossas mentes, são motivados por muitos “eu devo” ou “eu tenho que”. São itens em uma lista de tarefas, esperando para serem realizados. O que significa que raramente são inspiradores e têm pouca motivação para oferecer depois de uma semana ou mais.

Transforme as Resoluções de Ano Novo em Realidade

Pergunte

A primeira coisa que você deve fazer é refletir sobre o ano passado e se fazer essas perguntas.

  • Qual característica eu gostaria de ter?
  • Que hábito gostaria de mudar?
  • Qual a emoção que sinto com mais frequência?
  • Como eu quero me sentir?
  • O que me impediu de realizar o que queria esse ano?

Depois de meditar sobre suas respostas, você terá uma noção melhor da direção que deseja seguir ou do que sente estar faltando em sua vida.

Visualize

Pense como seria o dia perfeito, a ênfase aqui é no sentimento. Pense em como você quer que sua rotina matinal seja, como você quer se sentir no trabalho ou ao longo do dia e como você quer se sentir logo antes de ir dormir.

Faça sua lista

Vai levar uns 10 minutos, agora é hora de criar uma lista com as palavras que vêm à mente. Nessa hora não deve ser crítico. Ouça sua intuição.

Revise

Reduza sua lista. Até que consiga apenas três palavras. Provavelmente, você verá um padrão, ou alguma relação entre essas três palavras.

Pode ser que você compreenda que uma leva à outra. Que podem até ser intercambiáveis. Às vezes, as palavras que mais nos assustam podem significar que estamos no caminho certo, porque nem sempre é fácil mudar. Ao mesmo tempo, acho que encontrar sua palavra também pode trazer paz e empoderamento.

Pense nas palavras, experimente-as e veja o que parece certo. Não há necessidade de analisar demais esse processo, confie em seu instinto. Revise cuidadosamente sua lista e deixe que as palavras o escolham.

Reflita

Agora que você reduziu sua lista para três palavras, há apenas mais uma pergunta a ser feita:

Com qual dessas palavras você se sente mais motivado a se comprometer no próximo ano?

Se você está apenas interessado, é provável que você dê desculpas pelo motivo de não estar se esforçando para realmente fazer as mudanças. Mas se você estiver comprometido com sua palavra, fará o que for necessário para implementá-la e trazer mais dela para sua vida.

Se necessário, permita-se um dia ou dois, até uma semana, para realmente decida sobre isso.

Apenas uma palavra

Cuidado para não cair na armadilha de escolher mais de uma palavra. A mágica dessa prática é justamente trazer todo o significado da palavra para a sua vida. E isso você só será capaz de fazer se tiver foco.

Escolher uma palavra é talvez mais difícil do que escolher várias palavras, mas, terá maior impacto e é mais simples de aplicar.

Faça da sua palavra parte do seu dia

Faça da sua palavra parte do seu dia

Uma palavra só será útil se você se lembrar dela e aplicar com consistência. Aqui estão algumas ideias:

  • Escreva sua palavra em um lugar de destaque.
  • Incorpore a palavra na sua meditação diária.
  • Reflita sobre como você está incorporando sua palavra nas escolhas.
  • Conte a outras pessoas sobre sua palavra.

Eu escrevi um livro explicando em mais detalhes como transformar as resoluções em realidade. Nele eu inclui uma lista com várias palavras para você ter como exemplo e também um caderno de exercícios que vai te ajudar na sua jornada de autoconhecimento e transformação pessoal.

Espero que esse artigo ajude você a escolher sua palavra do ano.
Se você já escolheu, escreva nos comentários. Eu vou adorar saber!

Compartilhe:

Write A Comment